Coordenadora de arbitragem goiana esclarece novas regras do taekwondo

Ex-atleta, Leila Cristina Coelho explicou novidades aprovadas pela Federação Mundial.

Atual coordenadora de arbitragem da FGTKD, Leila Cristina está envolvida com a modalidade desde 1992. (Foto: Vitor Monteiro/Esporte Goiano)
Anúncios

Ganhando cada vez mais espaço junto ao público, o taekwondo passou por mudanças nas suas regras recentemente. Em novembro de 2016, a Federação Mundial de Taekwondo (WTF) aprovou algumas alterações, visando facilitar o entendimento do público e dar mais dinamismo aos combates.

A ex-atleta e atual coordenadora de arbitragem da Federação Goiana (FGTKD), Leila Cristina Santos, concedeu entrevista ao Esporte Goiano e explicou algumas das novidades, que passaram a valer a partir de janeiro.

“Nas últimas atualizações, o ponto no colete que valia só um ponto e agora vale dois. Algumas situações que não eram penalizadas e hoje são. Em um contexto geral, vai fazer com que a luta fique mais dinâmica. Que o atleta evite ficar parando, segurando, ou seja, vai fazer com que a luta se desenvolva mais, sem muitas paradas”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Veja mais sobre o taekwondo goiano!

Outro ponto destacado por Leila, que está envolvida com a modalidade desde 1992, foi a disciplina que o taekwondo proporciona aos seus praticantes.

“A princípio, além do respeito pela pessoa mais velha, mais graduada, tem o respeito pelo pessoal em geral. Tanto que temos árbitros que ainda não são faixas pretas e, mesmo quando um mestre mais graduado está como técnico, ele sabe que tem de respeitar e acatar as decisões daquele árbitro. O importante não é só a graduação, mas também o respeito com as pessoas”.

Entendendo o Taekwondo
Equipamentos:
Dobok (quimono), protetor de tórax (hogu), protetor genital, protetor de antebraço, protetor bucal, caneleira, capacete e luvas.
Tempo de luta:
3 rounds de 2 minutos (em competições oficiais e mundial) – alguns eventos permitem adaptações, como foi o Campeonato Goiano (2 rounds de 2 minutos)
(Foto: Vitor Monteiro/Esporte Goiano)
Pontuação:
Soco no colete = 1 ponto
Chute direto no colete = 2 pontos
Chute com giro no colete = 3 pontos
Chute direto na cabeça = 3 pontos
Chute com giro na cabeça = 4 pontos
Como vencer?
Nocaute: Quando um lutador sofrer uma queda pelo seu adversário e cair no chão, a contagem de 10 segundos é iniciada. Caso não mostre reação, o oponente é declarado vencedor por nocaute.
Pontos: Caso não houver um nocaute, ganha o lutador que alcançar mais pontos durante o combate.
Desclassificação: Um lutador pode ser desclassificado por agarrar ou empurrar o seu oponente, desferir socos no rosto, atingir abaixo da linha de cintura ou ser indisciplinado. A soma de dez gam-jeons (punição) também resulta na desclassificação.

Comentários

comentários

PUBLICIDADE