5.6 C
New York
quarta-feira, agosto 4, 2021
Início Futebol Futebol Goiano Colômbia domina, mas é ineficiente e fica no empate com Venezuela

Colômbia domina, mas é ineficiente e fica no empate com Venezuela

Bastante desfalcada devido aos casos de covid-19, a Venezuela conseguiu segurar a Colômbia na segunda rodada da Copa América. Em Goiânia, os colombianos tiveram maior posse, criaram as melhores chances, mas foram extremamente ineficazes na parte ofensiva e, com isso, o placar terminou no 0 a 0, no estádio Olímpico.

As equipes voltam a campo no domingo. A partir das 18h, a Venezuela enfrenta o Equador, no Rio de Janeiro. Em seguida, às 21h, novamente em Goiânia, a Colômbia duela com o Peru.

Mais Copa América:
-> Confira como foi a partida

O primeiro tempo foi dominado pela Colômbia. Com maior posse, os ‘cafeteiros' produziram muitas chances, mas pecaram na falta de pontaria. Quando acertaram o alvo, Fariñez salvou a Venezuela – que nada dificultou a vida de Ospina.

As melhores chances foram aos 13, quando Muñoz cruzou rasteiro de primeira e Mina chegou atrasado na pequena área, aos 23, com finalização de fora da área de Cardona – bem marcado -, e em tentativas de Zapata.

O panorama seguiu o mesmo na etapa final, com domínio e pouca eficiência colombiana. Quando acertavam o alvo, Fariñez volta a salvar a Venezuela. Aos 7, evitou gol de voleio de Uribe. Por duas vezes, Borja, ex-Palmeiras, parou nas defesas do goleiro adversário, incluindo nos acréscimos. Nos minutos finais, Luís Dias ainda foi expulso e encerrou o ímpeto da Colômbia, que lamentou bastante o resultado, enquanto a Venezuela comemora seu primeiro ponto na competição.

Ficha técnica:
Colômbia 0 x 0 Venezuela
2ª rodada da Copa América 2021
Data: 17/06/2021
Horário: 18h
Local: Estádio Olímpico, em Goiânia
Arbitragem: Eber Aquino (PAR); Eduardo Cardozo (PAR) e Milciades Saldívar (PAR)
Cartões amarelos: Campaz, Cuadrado e Uribe (COL); La Mantia, Aristeguieta, Herrera, Martinez Torres, Cumana (VEN)
Cartão vermelho: Luís Diaz (COL)
Colômbia: Ospina; Muñoz, Mina, Davinsón Sanchez e Tesillo; Barríos, Uribe, Cuadrado e Cardona (Luís Diaz); Muriel (Capaz) e Zapata (Borja).
Técnico: Reinaldo Rueda
Venezuela: Fariñez; Alex González (Hernandez), La Mantia, Martínez e Del Pino Mago; Cumaná, Moreno, Manzano (Herrera), José Martínez e Casseres (Castillo); Aristeguieta (Cordova).
Técnico: José Peseiro
Acompanhe o EG também nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram e Youtube.
Vitor Monteirohttps://esportegoiano.com.br/
Jornalista formado pela UFG (Universidade Federal de Goiás). Co-fundador do site Esporte Goiano e colaborador do Projeto Futebol de Goyaz. Trabalhou também na Rádio Universitária 870 AM, TV UFG, Rádio 730/Portal 730, Rádio Sagres, TV Sagres e jornal O Popular.
Anúncio

Últimas

Ex-Goiás, Pintado é contratado por time da Série A

Pintado é o novo treinador da Chapecoense para o restante da temporada 2021. O ex-treinador do Goiás estava livre no mercado desde...

Desempenho no OBA: Vila tem apenas um gol marcado em seis partidas e 27% de aproveitamento

O fator casa para o Vila Nova não vem sendo um diferencial para o clube dentro OBA. O Tigrão tem apenas 27%...

Volante retorna e Goiás não terá desfalques contra o Coritiba

O volante Breno cumpriu suspensão automática na rodada passada, contra o Operário/PR, e volta a ficar à disposição do técnico Marcelo Cabo,...

Apesar de eliminação do Brasil no handebol, goiano Léo Dutra se destacou nas Olimpíadas

O Brasil foi eliminado na primeira fase do handebol masculino nas Olimpíadas de Tóquio. Apesar disso, o goiano Léo Dutra se destacou....

Campeão por Caldas Novas e Grêmio Anápolis, Zé Uilton Silva brilha em Portugal

Destaque desde a infância em Itapitanga (BA), o atacante José Uilton Silva teve uma longa carreira em equipes do interior goiano. Hoje...
Anúncio