Com base goiana, Seleção Brasileira se classifica para decisão da Universíade

Foto: Saulo Cruz/CBDU
Anúncios

A Seleção Brasileira está classificada para a final da Universíade-2019, os Jogos Olímpicos universitários. Comandado pelo goianiense Ariel Mamede, o Brasil venceu a Rússia por 2 x 1, nesta quinta-feira.

Na decisão, os brasileiros vão enfrentar o vencedor da outra semi: Itália x Japão. A grande final será disputada no próximo sábado, em Nápoles. De toda forma, a edição 2019 já fica marcada como a melhor campanha da história brasileira no evento. Até então, o bronze conquistado em 1999 e 2011 tinham sido os melhores desempenhos na Universíade.

Com uma atuação consistente, o Brasil abriu vantagem no primeiro tempo. Aos 14 minutos, Rafael Barbosa, cria do Goiás, aproveitou cruzamento da esquerda e abriu o placar de cabeça. Pouco depois, Dudu (formado na base do Vila) ampliou. Na etapa final, os europeus pressionaram bastante e descontaram com Pogorelov.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ariel Mamede e vários dos atletas vão defender o Jaraguá na Divisão de Acesso 2019. Os jogadores já acertados com o Gavião da Serra são: Kayser, Gabriel, Wanderson, Caio, Victor Costa, Caetano, Thiago Pina, Léo Gharib, Madson, João Pedro, Dudu e Rafael Barbosa.

Ficha técnica:
Rússia 1 x 2 Brasil
Semifinal da Universíade 2019
Local: Napoli, na Itália
Data: 11/07/2019
Horário: 12h (de Brasília)
Gols: Rafael Barbosa (BRA) aos 14′ 1T (0-1); Dudu (BRA) aos 16′ 1T (0-2) e Pogorelov (RUS) aos 7′ 2T (1-2).
Arbitragem: Sherzod Kasimov (UZB); Alessandro Rastelli (ITA) e Matteo Ticani (ITA).
Rússia: Grigorian; Erving, Kuftin, Stepanov e Pavel (Nasirov [Sherstnev]); Parfenov, Ustinov, Leliukhin e Salamatov (Bolshunov); Kirsanov e Pogorelov.
Treinador: Alexey Sherstnev
Brasil: Matheus Kayser; Wanderson Lima (Léo Telles), Ramon, Igor Milioransa e Caio Mascarenhas; Victor Costa, Thiago Pina, Gustavo Caetano, Dudu (Madson); Alex (Matheus Barbosa) e Rafael Barbosa (Nerópolis).
Treinador: Ariel Mamede

Comentários

comentários

PUBLICIDADE