Na Austrália, goiano Dhiego Lima vence no UFC contra lutador da casa

Divulgação: UFC
Anúncios

O goiano Dhiego Lima entrou no octógono, na noite de ontem, pelo UFC 243. No card principal e peso meio-médio, para combatentes até 77kg, o goiano superou o atleta da casa, Luke Jumeau. Esta edição do Ultimate foi disputada justamente na Austrália, país de origem de Jumeau.

Depois de um duelo bem disputado em três rounds, Dhiego levou a melhor para os juízes por decisão dividida. O brasileiro chegou à sua terceira vitória consecutiva em sua 15ª luta pelo cartel profissional.

Mais de lutas
-> Goiano disputa seletiva para mundial de Jiu-Jitsu Paralímpico
-> Equipe da UFG conquista título do Goianão de Wrestling 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O início do goiano foi conturbado no UFC, com duas derrotas nas suas primeiras lutas. Lima se destacou ao ser finalista do reality The Ultimate Fighter 25 (TUF), mas começou sua trajetória com revés para Jesse Taylor e Yushin Okami. Agora, são três vitórias consecutivas e estando sempre entre as lutas mais esperadas da noite.

A luta

Dhiego Lima foi mais ofensivo nos dois primeiros rounds e apostou no contra-ataque diante de Jumeau no derradeiro. No primeiro assalto, o goiano chegou a acusar um dedo no olho por parte do adversário, mas isso não o fez menos combatente. Se no primeiro round foi mais forte nos chutes e socos, no segundo apostou em levar a luta ao chão para pontuar mais e funcionou depois de deixar o oponente ofegante. Na reta final, no terceiro round, o australiano foi para o desespero, pra cima de Dhiego, que administrou a luta com contra-ataques e trocação com Luke Jumeau.

Conheça os maiores apoiadores do site Esporte Goiano: WB Companies e Connect Media.

Comentários

comentários

PUBLICIDADE