Sub-20: Augusto César reconhece oscilações, mas valoriza tricampeonato do Goiás

(Foto: William Rommel/Esporte Goiano)
Anúncios

Neste sábado (29), o Goiás sagrou-se tricampeão estadual na categoria sub-20. Responsável por comandar o Esmeraldino, o técnico Augusto César, em entrevista à FGF TV Base após o término da partida contra o Trindade, elogiou seus atletas e disse que é difícil definir a conquista em uma palavra só.

Goiás goleia o Trindade e conquista o tricampeonato no Goianão Sub-20!

“É difícil definir em uma palavra, porque tem a qualidade dos aletas, o conjunto, o tempo que estão jogando juntos. São muitos fatores que ocasionaram essa goleada no campo do adversário. Acho que fizemos um campeonato muito bom, oscilando muito pela quantidade de jogos, mas eu acho que foi de bom tamanho. Esse tricampeonato é muito importante. A gente tem buscado dar rotatividade para esses atletas, para que eles possam crescer e diminuir essa transição da base para o profissional”, disse Augusto.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Questionado sobre as dificuldades da transição de seus atletas ao profissional, Augusto credita a situação ao pouco tempo de descanso entre as competições que seus comandados estavam tendo.

“Esse foi um dos fatores. Às vezes, algum jogador joga muito bem pelo (Campeonato Brasileiro de) Aspirantes e, quando desce para a base, o rendimento cai muito em termos físicos e em termos técnicos. Até porque, eles acham que, por estar jogando numa categoria inferior, nós temos de ‘massagear o ego’ deles e estar cobrando todo tempo. Houve muito disso no campeonato. Mas nós estamos procurando fazer uma transição muito boa. A dificuldade da transição da base para o profissional não acontece apenas aqui no Goiás, mas no Brasil todo”, finalizou.

Comentários

comentários

PUBLICIDADE