Depois de cinco anos, Atlético e Goiás se reencontram numa final de Goianão

Arte: Igor Nery/Esporte Goiano
Anúncios

Neste domingo (14), no Estádio Olímpico, Atlético e Goiás começam a decidir a 76ª edição do Campeonato Goiano. Esta será a 15ª vez que esmeraldinos e rubro-negros decidirão o Goianão. Na última, em 2014, o Dragão levou a melhor.

Sub-17: Atlético bate Vila no OBA; Trindade e Goiás empatam e mantêm invencibilidade!

Com 28 títulos, o Verdão é o maior campeão estadual e tem a chance de conquistar seu segundo pentacampeonato. O primeiro foi conquistado entre 1996 e 2000. Já o Dragão, com 13 conquistas, quer encerrar o jejum que já dura cinco anos e igualar o número de troféus do Goiânia.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Os times

Para o clássico deste domingo (14), o técnico Wagner Lopes será obrigado a mexer no time titular. Suspensos, Gilvan, Washington e Pedro Raúl devem dar lugar a Oliveira, Moacir e Gilsinho. Outra baixa do Dragão é o lateral-esquerdo Moraes, que sofreu uma lesão no pé esquerdo.

Pelo lado esmeraldino, Maurício Barbieri teve a semana toda para trabalhar e analisar as melhores opções para o confronto. A única baixa é o volante Léo Sena, que, com uma lesão muscular na panturrilha, foi ausência durante os treinamentos da semana. Se não tiver condições de jogo, Gilberto Júnior deve ser o escolhido para iniciar a partida.

Histórico

Em 76 anos de história do confronto, Atlético e Goiás já mediram forças em 278 partidas. Com 114 vitórias, a vantagem é esmeraldina. Os rubro-negros levaram a melhor em 90 oportunidades. Em 2019, tudo igual. Uma vitória para cada lado. Em finais, o último duelo foi em 2014, quando o Dragão, com um gol do zagueiro Lino aos 48 minutos do segundo tempo, ficou com a taça.

Ficha Técnica
Atlético x Goiás
Jogo de ida da final do Goianão
Data: 14 de abril de 2019
Horário: 16h
Local: Estádio Olímpico, em Goiânia (GO)
Árbitro: Eduardo Tomaz
Assistentes: Cristhian Passos e Leone Carvalho
Atlético: Maurício Kozlinski; Jonathan, Lucas Rocha, Oliveira e Nicolas; Moacir, Pedro Bambu e Jorginho; Matheus, Mike e Gilsinho.
Técnico: Wagner Lopes
Goiás: Sidão; Kevin, David Duarte, Rafael Vaz e Marcelo Hermes; Geovane, Léo Sena (Gilberto Júnior) e Marlone; Michael, Brenner e Renatinho.
Técnico: Maurício Barbieri

Comentários

comentários

PUBLICIDADE