5.6 C
New York
domingo, agosto 7, 2022
Início Mais Esportes E-Sports Atlético-GO lança equipe de eSports

Atlético-GO lança equipe de eSports

O Atlético Goianiense terá uma equipe de eSports no cenário competitivo a partir do próximo ano. Os esportes eletrônicos foram confirmados pelo clube na semana passada e devem envolver vários jogos em voga atualmente. Os responsáveis pela modalidade estimam que, já em janeiro, o Dragão esteja competindo.


Diego Stefani, um dos três responsáveis pela formatação do projeto, conta que o grupo apresentou uma proposta ao clube, que aceitou em ceder a marca. “A gente achava necessário ter equipes de eSports vinculadas a clubes de futebol”, disse. “Não vai ser uma simples terceirização. Vamos trabalhar em conjunto com o clube, mas logicamente com recursos próprios”, destacou.

Mais dos eSports
Goiás ganhou vice-campeonato no Fifa em novembro
Rensga amplia suporte a equipes goianas

- Anúncio -

De acordo com Stefani, o acordo com o Dragão não envolve aporte financeiro, mas pode ser que o Rubro-Negro ceda algum tipo de estrutura. “Se formos usar algo do clube, seria algo mínimo, que não interferiria no dia a dia do Atlético”, frisa.

Os responsáveis pelo Atlético eSports ainda avaliam opções em Goiânia para servir de centro de treinamento para os atletas. Está em debate até mesmo a construção de um ‘mini game-office' próprio. Essa possibilidade, no entanto, é reduzida.

Formação da equipe

Os eSports atleticano trabalharão com atletas que já militam no cenário semi-profissional e profissional. Alguns já estão, inclusive, acertados. A equipe, inicialmente, será enxuta, conforme a política do clube. “Teremos até mesmo alguns abnegados no management e na gestão”, relata Stefani. O gestor diz que, no futuro, a ideia é aumentar o plantel. “É um crescimento programado, com gestão profisisonal, para que possamos prosseguir com nossas próprias pernas. Não é um tiro no escuro. Estamos planejando tudo nos mínimos detalhes”, destaca.

O gestor pontua ainda que os eSports do Dragão nascem com compromisso de valorizar o produto goiano. “A primeira ideia é o fortalecimento da imagem de Goiás. Temos excelentes jogadores de esportes eletrônicos aqui. Queremos consolidar esse cenário goiano, mas também estaremos abertos a competições nacionais”, explicou.

O planejamento é que já haja rubro-negros competindo a partir de janeiro. Restam apenas algumas questões contratuais para divulgação do calendário do Atlético. “Queremos chegar ao cenário fortes, para disputar títulos”, frisa.

Acompanhe o EG também nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram e Youtube.
Rafael Tomazeti
Jornalista formado pela Universidade Federal de Goiás. Fã de esportes e apaixonado pelo estado de Goiás. Trabalhou na Rádio Universitária 870 AM, TV UFG, Rádio 730/Portal 730, Jornal Diário do Estado, Diário de Goiás e Rádio BandNews.
Anúncio

Últimas

Em Belém, Aparecidense segura a pressão e empata sem gols com o Remo

Aparecidense e Remo empataram em 0x0, neste domingo (7), pela 18° rodada da Série C, em partida realizada no estádio Baenão, em...

Aseev goleia e Anapolina vence nos acréscimos, na primeira rodada da Divisão de Acesso

A primeira rodada da Divisão de Acesso teve o seu encerramento neste domingo (7), com duas partidas. A Aseev goleou em casa...

Goiás é goleado pelo Palmeiras e segue na parte de baixo da tabela

O Goiás foi goleado para o Palmeiras na tarde deste domingo (7), pelo placar de 3 a 0, no Allianz Parque, em...

Em casa, Vila Nova perde para o Taubaté na semifinal do Brasileirão Feminino A3

O Vila Nova saiu em desvantagem na briga por uma vaga na final do Campeonato Brasileiro de futebol feminino da terceira divisão....

Atlético-GO é goleado pelo Paranaense em despedida do Brasileirão sub-20

O Atlético-GO foi goleado pelo Athletico/PR, na tarde deste domingo (7), pelo placar de 3 a 0, no CT do Caju, em...
Anúncio