5.6 C
New York
sexta-feira, janeiro 21, 2022
Início Mais Esportes E-Sports Atlético-GO lança equipe de eSports

Atlético-GO lança equipe de eSports

O Atlético Goianiense terá uma equipe de eSports no cenário competitivo a partir do próximo ano. Os esportes eletrônicos foram confirmados pelo clube na semana passada e devem envolver vários jogos em voga atualmente. Os responsáveis pela modalidade estimam que, já em janeiro, o Dragão esteja competindo.


Diego Stefani, um dos três responsáveis pela formatação do projeto, conta que o grupo apresentou uma proposta ao clube, que aceitou em ceder a marca. “A gente achava necessário ter equipes de eSports vinculadas a clubes de futebol”, disse. “Não vai ser uma simples terceirização. Vamos trabalhar em conjunto com o clube, mas logicamente com recursos próprios”, destacou.

Mais dos eSports
Goiás ganhou vice-campeonato no Fifa em novembro
Rensga amplia suporte a equipes goianas

- Anúncio -

De acordo com Stefani, o acordo com o Dragão não envolve aporte financeiro, mas pode ser que o Rubro-Negro ceda algum tipo de estrutura. “Se formos usar algo do clube, seria algo mínimo, que não interferiria no dia a dia do Atlético”, frisa.

Os responsáveis pelo Atlético eSports ainda avaliam opções em Goiânia para servir de centro de treinamento para os atletas. Está em debate até mesmo a construção de um ‘mini game-office' próprio. Essa possibilidade, no entanto, é reduzida.

Formação da equipe

Os eSports atleticano trabalharão com atletas que já militam no cenário semi-profissional e profissional. Alguns já estão, inclusive, acertados. A equipe, inicialmente, será enxuta, conforme a política do clube. “Teremos até mesmo alguns abnegados no management e na gestão”, relata Stefani. O gestor diz que, no futuro, a ideia é aumentar o plantel. “É um crescimento programado, com gestão profisisonal, para que possamos prosseguir com nossas próprias pernas. Não é um tiro no escuro. Estamos planejando tudo nos mínimos detalhes”, destaca.

O gestor pontua ainda que os eSports do Dragão nascem com compromisso de valorizar o produto goiano. “A primeira ideia é o fortalecimento da imagem de Goiás. Temos excelentes jogadores de esportes eletrônicos aqui. Queremos consolidar esse cenário goiano, mas também estaremos abertos a competições nacionais”, explicou.

O planejamento é que já haja rubro-negros competindo a partir de janeiro. Restam apenas algumas questões contratuais para divulgação do calendário do Atlético. “Queremos chegar ao cenário fortes, para disputar títulos”, frisa.

Acompanhe o EG também nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram e Youtube.
Rafael Tomazeti
Jornalista formado pela Universidade Federal de Goiás. Fã de esportes e apaixonado pelo estado de Goiás. Trabalhou na Rádio Universitária 870 AM, TV UFG, Rádio 730/Portal 730, Jornal Diário do Estado, Diário de Goiás e Rádio BandNews.
Anúncio

Últimas

Depois de vice, Rensga inicia CBLOL cheia de novidades

A Rensga BitPreço vai para seu terceiro split do CBLOL com outra mentalidade. Depois de surpreender o mundo dos games com o...

“Ficamos muito desfigurados”, diz técnico do Goiatuba, após surto de Covid-19 no elenco

O Goiatuba vive um momento difícil às vésperas do Goianão. Com um surto de covid-19, o plantel está desfalcado. A situação preocupa...

Clayton fala em melhorar números em 2022 e em fazer o Vila campeão goiano

O atacante do Vila Nova, Clayton, afirmou que espera fazer uma temporada melhor do que a do ano passado com a camisa...

FGF divulga arbitragem da estreia do Goianão 2022

A Federação Goiana de Futebol definiu a escala da arbitragem de estreia do Goianão 2022. O campeonato irá começar na terça-feira (25)...

Equipe goiana participa de torneio de Beach Flag no RJ

Goiás estará representado neste fim de semana, no Rio de Janeiro, na disputa do Torneio de Beach Flag 4x4. O evento é...
Anúncio