Atlético abre vantagem na etapa inicial, mas cede empate ao Oeste

Foto: Divulgação Twitter Atlético-GO
Anúncios

Na noite desta sexta, 25, o Atlético recebeu o Oeste no estádio Olímpico, em Goiânia, e empatou por 2 a 2 em partida válida pela 7ª rodada do Brasileiro da Série B. Os gols do Dragão foram marcados por Júnior Brandão, duas vezes. Para o Rubrão, Danielzinho também anotou os dois.

Com o resultado, o Atlético fica em 7º lugar na classificação geral, 11 pontos ganhos. A Onça é 10º, 9 pontos conquistados. Na próxima rodada, sábado, 2, o rubro-negro goiano faz o clássico com o Goiás, às 16h30, no Olímpico. No mesmo dia, o Oeste vai ao Moisés Lucarelli enfrentar a Ponte Preta, às 19h.

Júnior Brandão faz dois e Dragão sai na frente

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O início do primeiro tempo foi tímido de ambas as equipes. O Dragão esperou o Oeste, que não conseguia atacar. Numa jogada em velocidade, na primeira oportunidade rubro-negra, já aos 7 minutos, veio o gol. Após um cruzamento na área do Oeste, na dividida com o goleiro Tadeu o atacante Júnior Brandão cabeceou e marcou. 1 a 0 Atlético.

Confira como foi em tempo real!

A Onça sentiu o tento que levou e o Dragão foi para cima. Aos 10, Brandão arriscou o chute de longe e Tadeu espalmou fazendo grande defesa. O Atlético, ainda com ímpeto, aos 13, teve outra chance. João Paulo, pela direita, arriscou um chute forte e Tadeu espalmou de novo e salvou o Rubrão. Mas Júlio César resolveu caprichar aos 18.

O jogador fez um belo cruzamento para Júnior Brandão, que cabeceou no contrapé de Tadeu e marcou o segundo do time goiano, o segundo dele. 2 a 0. A partir daí o Atlético recuou a marcação e deu mais campo para o Oeste jogar. Os visitantes trocavam passes e rodavam a bola, mas sem levar perigo ao adversário.

O Dragão voltou a assustar só aos 36 minutos, quando Renato Kayser arriscou um chute de longe e Tadeu defendeu no reflexo. A Onça percebeu que poderia se impor mais e, aos 43, contou com a sorte para diminuir o placar. Danielzinho chutou de longe, a bola bateu na trave e na cabeça de Jefferson, que entrou. O Rubrão marcou o seu. 2 a 1 para o Atlético. Ficou assim o primeiro tempo.

Oeste muda postura e busca empate no Olímpico

Na etapa final, os visitantes começaram com mais fôlego e foi o Dragão quem recuou. Mesmo com a marcação adiantada e jogando mais no campo de defesa do Atlético, a Onça não conseguiu finalizar nos primeiros minutos. O rubro-negro goiano parecia satisfeito com o placar e tentava administrar.

Só aos 14, veio a primeira chance. Cruzamento na área rubro-negra, Lídio cabeceou forte e Jefferson foi bem na defesa. O Atlético esboçou uma reação em seguida. Aos 17, após cruzamento, Renato Kayser cabeceou para baixo e Tadeu espalmou salvando o Rubrão. Numa outra oportunidade, aos 21, Bileu fez boa jogada na área, e cara a cara com Tadeu chutou forte e o goleiro defendeu no reflexo mais uma vez.

Apesar disso, o Oeste vinha com mais volume de jogo na partida. Isso pôde ser visto aos 35 minutos. Em uma jogada de ataque do Rubrão, Danielzinho pegou a sobra de fora da área, chutou, a bola desviou na defesa e morreu no canto direito de Jefferson. Tudo igual: 2 a 2.

Foi um balde de água fria para a equipe goiana. Mesmo assim e, já desgastada fisicamente, o Dragão quase marcou o gol da vitória com Tomas Bastos, aos 49, ele que entrou no decorrer do duelo. O meia cobrou falta, mandou no ângulo esquerdo de Tadeu, que mais uma vez brilhou e fez bela defesa. Ficou nisso: 2 a 2.

FICHA TÉCNICA
Atlético-GO 2X2 Oeste – 7ª rodada da Série B 2018
Local: Estádio Olímpico, em Goiânia (GO)
Data: Sexta, 25 de maio de 2018
Horário: 19h15

Público pagante: 1.256 torcedores
Renda: R$ 25.545,00

Árbitro: Rodrigo D’Alonso Ferreira/SC
Assistentes: Carlos Berkenbrock/SC e Alex dos Santos/SC
Cartões amarelos: João Paulo e Júnior Brandão (ACG); Bruno Lima e Leandro Amaro (OES)
Gols: Júnior Brandão aos 7′ e 18′ 1º T (ACG); Danielzinho 43′ 1º T e 35′ 2º T (OES)
ATLÉTICO-GO: Jefferson; Alisson, Lucas Rocha, René Santos e Mascarenhas; Bileu, Rômulo (José Augusto) e João Paulo; Júlio César (Joanderson), Renato Kayser e Júnior Brandão (Tomas Bastos).
Técnico: Claudio Tencati
OESTE: Tadeu; Bruno Lima (Claudinho), Leandro Amaro, Patrick e Conrado; Lídio, Wallace Bonilha e Mazinho; Danielzinho, Léo Artur (Léo Castro) e Pedrinho (Bruno Lopes).
Técnico: Roberto Cavalo

Comentários

comentários

PUBLICIDADE