5.6 C
New York
sexta-feira, julho 1, 2022
Início Blogs Anapolina busca consolidar CT para próxima temporada

Anapolina busca consolidar CT para próxima temporada

Por Orisvaldo Pires

Sem calendário no mínimo para os próximos nove meses, os clubes anapolinos são desafiados a adotar planejamento para a temporada 2019 e, ao mesmo tempo, se aproximar de um modelo de gestão profissional.

Leia mais do futebol goiano!

- Anúncio -

Na Rubra, por exemplo, a mudança ocorrida em 2017 na diretoria, com a chegada do projeto liderado pelo ex-deputado e ex-presidente do clube, Pedro Chaves Canedo, deu início a uma nova realidade de gestão. O time vinha da disputa de uma divisão de acesso e da retomada das atividades das categorias de base após dez anos.

E, é claro, de casa nova, fator que dá uma dimensão diferenciada ao projeto do clube, considerando as dificuldades estruturais experimentadas até então. Mas o começo de mandato do novo comando foi polêmico e até tumultuado. Apenas com a renúncia de um dirigente as coisas se acalmaram.

Foi possível até uma reaproximação com integrantes da diretoria anterior, inclusive com o ex-presidente, Leandro Ribeiro. Aos poucos o clima foi se acalmando e a gestão encaixou. Mesmo com dificuldades, Pedro Canedo conseguiu manter alguns dos antigos patrocinadores e arregimentou novos apoiadores.

Com o respaldo de personagens como o vice do Conselho, Pedro Paulo Caiado Canedo; o presidente executivo, Paulo Nelli; e o vice executivo, Frederico Godoy, a diretoria colorada acertou com o técnico Vilson Tadei. O que antes era uma incógnita, após o Goianão se revelou decisão acertada. O clube trocou apenas um jogador durante o campeonato e, prejudicada pela arbitragem e pelo “preciosismo” do tribunal desportivo, ficou nas semifinais.

Dos quatro objetivos do clube para 2018, a metade foi alcançada: manutenção na primeira divisão e classificação para o Brasileiro da Série D. Não deu para chegar à Copa do Brasil e nem disputar a final do estadual. Entretanto, gastou menos na primeira divisão de 2018 que o montante aplicado na divisão de acesso de 2017 e fez um time que “deu liga”, embora não tenha chegado à decisão.

Em 2018 disputa a 2ª divisão do Goiano Sub-19. Com a consolidação do Centro de Treinamentos – condição que precisa ser alcançada até o final de 2018 – o clube vai trilhar um caminho mais tranquilo para planejar e montar a estrutura para a próxima temporada.

Tanto para a disputa do Goianão e do Brasileiro Série D, quanto na ampliação dos espaços nas competições de base. A Anapolina ganha uma oportunidade considerável de mudar sua história. Caso consiga unificar suas forças, tem chance de alcançar o objetivo.
Igor Nery
Formado em jornalismo na PUC-GO. Apresentou o programa Toque Final e Tv Shop/Canal 5 da NET. Trabalha atualmente como produtor de esportes da rádio Manchester-AN, redator esportivo no Jornal Estado de Goiás e correspondente de Anápolis para o Esporte Goiano.
Anúncio

Últimas

Veja quem apita nos jogos de Atlético/GO e Goiás pela 15° rodada da Série A

 A Confederação Brasileira de Futebol definiu a escala de arbitragem para a 15° rodada da Série A. O Atlético Goianiense irá encarar...

Atlético-GO tenta empréstimo de atacante do Grêmio

O atacante Ricardinho, de 21 anos, pode reforçar o Atlético-GO. O jogador do Grêmio é sonho antigo do clube rubro-negro, que fez...

Iporá terá sequência decisiva por vaga no mata-mata da Série D

O Iporá inicia neste fim de semana uma sequência decisiva para consolidar a reação e garantir vaga na fase eliminatória da Série...

Vila Nova viaja para duelo de ida com o Mixto pelo Brasileiro Feminino A3

O Vila Nova viajou para Cuiabá na manhã desta sexta-feira (1), onde encara o Mixto, pela partida de ida das oitavas de...

Com título brasileiro, goiano faz história na natação

O goiano Lucas Alves conquistou o título brasileiro de inverno na prova dos 400 metros medley, na qual já havia levado o...
Anúncio