5.6 C
New York
quarta-feira, novembro 25, 2020
Início Futebol Confira 5 partidas da Seleção Brasileira em Mundiais para você matar a...

Confira 5 partidas da Seleção Brasileira em Mundiais para você matar a saudade do Futebol

Falar em Copas do Mundo e não citar a Seleção Brasileira é uma heresia. Afinal, o Brasil é o maior vencedor do Mundial com cinco títulos (1958, 1962, 1970, 1994 e 2002) e o único país a ter participado de todas as edições do torneio.

Além dos cinco títulos conquistados, a Seleção Brasileira acumula dois vice-campeonatos (1950 e 1998), dois terceiros lugares (1938 e 1978) e dois quartos lugares (1974 e 2014) em 21 participações.

Com esses números, o que não falta é história para contar ou melhor, jogos históricos para relembrar. Passam os anos, décadas, muda o milênio e os cronistas, seu avô, sua mãe e seu pai, os seus tios não esquecem e te contam com detalhes a alegria ou a dor do resultado de algumas partidas da Seleção Brasileira. Não é mesmo?!

Mais do futebol:
Confira uma lista de filmes e séries sobre o futebol
O futebol goiano nos álbuns de figurinhas do Campeonato Brasileiro

Pensando nisso, o Esporte Goiano separou cinco jogos do Brasil em Copas do Mundo, que são historicamente marcados pelo misticismo do jogo, o resultado e o encanto dos jogadores.

Copa do Mundo de 1982

Não poderíamos começar nossa lista, com outra partida a não ser: Itália e Brasil, pela segunda fase do Mundial de 1982, disputado na Espanha. A Seleção Brasileira comandada por Telê Santana, contava com Zico, Junior, Falcão, Sócrates e Serginho “Chulapa”, Leandro, Éder Aleixo, Roberto Dinamite, Toninho Cerezo e companhia.

O Brasil era favorito e tinha tudo para passar pela Itália. Mas o que aconteceu foi uma das derrotas mais amargas para o futebol brasileiro em Copas do Mundo. Tal feito acabou conhecido por “Tragédia do Sarrià”, em alusão ao Estádio do Sarrià, na cidade de Barcelona, onde foi disputada a partida. Disponível no YouTube.

Foto: Getty Images/Fifa

Copa do Mundo de 1986

Historicamente o duelo Brasil e França é recheado de emoções e craques. Em 1986, pelas quartas de final do Mundial de 1986, disputado no México, o mundo do futebol teve a oportunidade de ver novamente a Seleção Canarinho contra os Bleus. A Seleção Brasileira, novamente comandada por Telê Santana, contava com Sócrates, Júnior, Zico, Casagrande, Falcão, Muller, Careca, Branco e companhia.

Na Copa daquele ano, o Brasil chegou nas quartas de final sem levar nenhum gol. Mas contra a França de Michel Platini, o Brasil viu o o sonho do tetra ser adiado para o Mundial seguinte. Disponível no YouTube.

Foto: Getty Images/Fifa

Copa do Mundo de 1990

O duelo sul-americano entre Brasil e Argentina é uma das maiores rivalidades existentes no futebol. Nas oitavas de final do Mundial de 1990, disputado na Itália, o mundo teve a oportunidade de ver pela terceira vez o clássico sul-americano sendo disputado em uma Copa, que já havia acontecido em 1974 e 1982.

O Brasil comandado por Sebastião Lazaroni não empolgava, mesmo  contando com Taffarel, Jorginho, Branco, Dunga, Ricardo Gomes, Careca, Silas, Renato Gaúcho e companhia, e tendo vencido as três primeiras partidas daquele mundial.

O duelo contra a atual bicampeã do mundo naquele momento, foi marcado por polêmica. Isso porque, anos mais tarde, Maradona disse que a água que alguns brasileiros beberam durante a partida estava “batizada”. Disponível no YouTube.

Foto: Getty Images/Fifa

Copa do Mundo de 1994

O duelo Holanda e Brasil é uma rivalidade que remonta à Copa do Mundo de 1974, quando o “Carrosel holandês”, de Cruyff bateu a Seleção por 2 a 1 e adiou o sonho do tetracampeonato mundial por 20 anos.

Quis o destino que a terra do football, fosse o palco de um dos embates do soccer mais eletrizantes válido pelas quartas de final, da Copa do Mundo de 1994, disputada nos EUA.

O Brasil comandado por Carlos Alberto Parreira, com Zagallo como auxiliar-técnico, contava com Taffarel, Jorginho, Dunga, Bebeto, Romário, Cafu, Branco e companhia. Fato é que holandeses e brasileiros fizeram uma partida memorável no Estádio Cotton Bowl, em Dallas. Disponível no YouTube.

Foto: Getty Images/Fifa

Copa do Mundo de 1998

O encontro entre Brasil e França na final da Copa do Mundo de 1998, disputada em território francês, ficou marcado pela festa dos Bleus, pelo nascimento de uma lenda chamada Zinedine Zidane – nome que até hoje causa arrepios na torcida brasileira, e, obviamente por muita polêmica com a frase “Se as pessoas soubessem o que aconteceu na Copa do Mundo, ficariam enojadas”.

Talvez, você não se lembre da partida e dos lances do jogo, seja pela frustração ou influenciado pela polêmica que até hoje assombra a história desse jogo. Porém, o nosso convite é para assistir a essa partida sob a ótica da força das arquibancadas que pode ajudar uma Seleção a conquistar o topo do mundo. Disponível no YouTube.

Foto: Getty Images/Fifa

Gostou? Acompanhe-nos por aqui e pelas nossas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram e Youtube. Boa diversão!

Ildeu Iussef
Jornalista em formação (UFG). Repórter e Narrador Esportivo na Rádio Universitária UFG 870 AM. Amante do Esporte!
Anúncio

Últimas

Armador reconhece superioridade do Vultures, mas diz que Vila pode igualar rival

O armador Julius Oberdan, do Vila Nova/AEGB, afirmou que os colorados já esperavam um embate complicado com o Vultures durante o Campeonato...

Ex-Goiás é anunciado pelo Colo Colo, do Chile

O ex-jogador do Goiás, Ignacio Jara, tem uma nova casa para o restante da temporada: é o Colo-Colo, equipe da principal divisão...

Veja como ficou o novo Antônio Accioly, após as reformas para a Série A

As obras de reforma do estádio Antônio Accioly estão finalizadas e, com todos os laudos em mãos, o Atlético Goianiense poderá utilizar...

Em fim de contrato, quatro jogadores deixarão o Goiás em dezembro

A temporada de 2020 só terminará em fevereiro de 2021, mas alguns contratos de jogadores chegarão ao fim em dezembro e não...

Presidente atribui crescimento do Goiânia à chegada de Edson Jr. e reforça sonho do acesso

Quando Edson Jr. chegou à Vila Olímpica para comandar o Goiânia, substituindo o demitido Finazzi, o Galo estava em maus lençóis na...
Anúncio