Walter marca no fim e Dragão empata com Atlético/PR em jogo polêmico

0
14
(Foto: Albari Rosa)

Tudo igual no duelo de Atléticos na noite desta quarta-feira, na Arena da Baixada. O Paranaense dominou o primeiro tempo, mas um velho conhecido (Walter) garantiu o empate ao Goianiense na etapa final: 2 x 2. A partida foi marcada por polêmicas na arbitragem, nos dois gols dos mandantes, e pelo estádio “vazio”, já que a torcida fez um protesto e assistiu o jogo em um telão, na porta da Arena. Ao todo, 7.537 pessoas estiveram presentes.

Clique e veja como foi o tempo real!

Com a igualdade, o Furacão chega aos 35 pontos, mantendo o 8º lugar. Já o Dragão segue na lanterna, agora com 26 pontos. Na 28ª rodada, o Atlético Paranaense duela com o São Paulo, no Pacaembu, às 21h de sábado. No dia seguinte, o clube goiano recebe o Palmeiras, a partir das 17h, no estádio Olímpico.

Emoção de sobra

O primeiro tempo foi eletrizante. Desde o primeiro minuto, a equipe da casa pressionou e só não conseguiu abrir vantagem graças à inspirada atuação de Marcos. O arqueiro fez grandes defesas em tentativas de Ribamar, Wanderson e Guilherme. Aos 23, pegou até pênalti cobrado por Felipe Gedoz, após toque de mão de Willian Alves na área.

O Dragão foi fatal na sua resposta, no minuto seguinte. Niltinho cruzou da direita, Wanderson afastou mal e a sobra ficou com Luiz Fernando. O garoto dominou no peito na área e bateu cruzado para abrir o placar: 1 x 0.

As polêmicas vieram nos gols paranaenses. Aos 30, Jonathan cruzou da direita, Guilherme cabeceou e Marcos espalmou, mas a arbitragem indicou que a bola tinha ultrapassado a linha do gol. No entanto, a decisão foi errada, como ficou comprovada nas imagens da transmissão posteriormente. Aos 40, Gedoz cobrou escanteio, Marcos trombou com Wanderson, o árbitro não marcou falta, e Lucho González, de cabeça, anotou a virada: 2 x 1.

Segundo tempo

O ritmo caiu muito na segunda etapa, com pouca emoção até o final. A melhor chance goiana tinha sido em um cruzamento com efeito de Niltinho pela direita, em que a bola passou na frente do gol. Com a vitória encaminhada, o Furacão perdeu intensidade e acabou dando espaços para os goianos, que aproveitaram. Aos 37, Niltinho cruzou rasteiro e Walter deu um leve desvio, suficiente para mandar a bola no cantinho e deixar tudo igual: 2 x 2.

A emoção que faltou durante quase toda etapa final sobrou nos minutos finais. O Dragão foi ao ataque em busca da virada e o Atlético Paranaense aproveitou os espaços. Aos 44, Éderson até marcou, mas a arbitragem marcou, acertadamente, o impedimento. Aos 48, no último lance, Weverton fez um lançamento para a área e a bola ficou com Éderson, livre. No entanto, o atacante finalizou muito mal e desperdiçou a chance de garantir o triunfo dos mandantes.

Atlético/PR 2 x 2 Atlético/GO
27ª rodada da Série A 2017
Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 11/10/17
Horário: 19h30
Árbitro: Dyorgines Jose Padovani de Andrade (ES)
Assistentes: Fabiano da Silva Ramires (ES) e Vanderson Antonio Zanotti (ES)

Cartões amarelos: Wanderson, Fabrício, Pavez e Lucho (CAP); Jorginho e Luiz Fernando (ACG).
Gols: Luiz Fernando (ACG) aos 24′ 1T (0-1), Guilherme (CAP) aos 31′ 1T (1-1), Lucho González (CAP) aos 40′ 1T (2-1) e Walter (ACG) aos 37′ 2T (2-2)

ATLÉTICO – PR: Weverton; Jonathan, Thiago Heleno, Wanderson e Fabrício; Esteban Pavez, Lucho González (Eduardo Henrique), Guilherme, Felipe Gedoz (Sidcley) e Nikão; Ribamar (Éderson).
Técnico: Fabiano Soares
ATLÉTICO: Marcos; Jonathan, Gilvan, William Alves e Bruno Pacheco; Ronaldo (André Castro), Paulinho (Diego Rosa), Jorginho, Niltinho (Breno Lopes), Luiz Fernando e Walter
Técnico: João Paulo Sanches

Comentários

comentários