Com autoridade, Jaó/Universo vence Goiás e conquista Copa Goiânia de basquete

1
51
(Foto: Vitor Monteiro/Esporte Goiano)

Impecável. Assim pode ser descrita a campanha do Clube Jaó/Universo na Copa Goiânia de basquete. O time comandado por Thiago Delfino terminou o torneio com 100% de aproveitamento, com 10 vitórias em 10 partidas. Na manhã deste domingo, a equipe venceu o Goiás/Defensores, em jogo acirrado, por 84 x 64.

Foi a segunda edição da Copa Goiânia de basquete. No ano passado, o Vultures bateu o Goiás na final e garantiu o título.

O terceiro lugar ficou com a AEGB/IFG/Soldiers, que venceu o Ajax por 57 x 53. O confronto foi encerrado faltando 12 segundos para o término do terceiro quarto. Isso porque Daniel, do Ajax, acabou tendo um afundamento na face após um choque e ficou estirado na quadra. O atendimento (do Samu) demorou cerca de 30 minutos para chegar. Com isso, a equipe de arbitragem decidiu encerrar a partida.

A decisão

(Foto: Vitor Monteiro/Esporte Goiano)

A aguardada final demorou para ser iniciada. Durante o aquecimento, uma das cestas entortou, após uma enterrada de um atleta do Jaó. O duelo só foi iniciado às 11h35, após ser feita uma solda na tabela.

O Jaó fez valer seu favoritismo no começo do primeiro período. Logo de cara, abriu 7 x 2. Graças à intensa participação de Ítalo e Vagner, o Goiás equilibrou o duelo. Com uma marcação forte e pegando a maioria dos rebotes, a equipe de Santiago Santana terminou a primeira parcial perdendo por 21 x 18.

O time esmeraldino voltou melhor para o início do segundo quarto, com uma defesa melhor ajustada e trabalhando bem as infiltrações. Foi assim que conseguiu tomar a dianteira no placar, pela primeira vez no jogo, em 27 x 25.

Porém, a experiência do time do Jaó fez a diferença. Com tranquilidade, retomaram a liderança nos lances seguintes. Apostando na agilidade na transição defesa/ataque, o time aproveitava para contra-atacar, quando ficava com rebotes defensivos. A saída de Victor também pesou. O camisa 17 acabou cometendo a terceira falta e foi para o banco de reservas. Com isso, o Jaó foi para o intervalo ganhando de 45 x 33.

As equipes voltaram para o terceiro quarto e Julius continuou inspirado. O camisa 6 do Jaó converteu cestas de três, esfriando qualquer tentativa de reação adversária. Com roubadas de bola e belos dribles, Ceará foi pela fundamental para o seu time aumentar o placar e terminar o período ganhando por 64 x 41. Vale destacar a boa atuação defensiva de Átila, pivô do Goiás, que conseguiu três tocos.

A larga vantagem deu ainda mais tranquilidade para o Clube Jaó, que conseguiu manter a vantagem, apesar da vontade demonstrada pelo time esmeraldino, que diminuiu a diferença no último minuto com cestas do armador Pablo. No final, festa do Jaó, que venceu por 84 x 64 e comemorou o título.

Ficha técnica:
Clube Jaó/Universo 84 x 64 Goiás/Defensores
Final da Copa Goiânia de Basquete
Local: Colégio Santo Agostinho
Horário: 11h30
Data: 11/06/2017
Arbitragem: Fabiano Huber, Márcio Silva e Juliano Huber
Mesa: Daiane Silveira (apontadora), Helaine Correia (cronomestrista) e Elaine Cândida (24 segundos)
CLUBE JAÓ: Pedro Henrique, Felipe, Anderson, Rafael, Guilherme, Julius, Diego, Alberto, Augusto, Sadelson, Ceará e Ricardo.
Treinador: Thiago Delfino
GOIÁS: Átila, Ítalo, Ariel, Áquila, Pablo, Vagner, Fred, Vitor Moreno, Hugo, Leandro, Victor Garcia e Abner.
Treinador: Santiago Santana

Comentários

comentários