Após eliminação no Goianão, Wesley Matos pede mais “confiança e coragem” para a Série B

45
Foto: Douglas Monteiro/Vila Nova FC
Anúncio

Com o foco voltado para as competições nacionais após a eliminação no Goianão, o Vila Nova tem lições para tirar de sua campanha no estadual. De acordo com o zagueiro e capitão da equipe, Wesley Matos, o time lutou muito, mas também é preciso jogar e ter mais confiança e coragem.

Leia mais notícias do Vila Nova!

“O que eu tiro de lição é que a nossa equipe lutou muito e, dentro de campo, batalhamos o tempo todo. Mas, para ser vencedor, você tem de jogar, também. Não adianta só marcar. Eu acho que é isso que devemos tirar de lição. Temos de acreditar mais em si mesmo, colocar o individual para fora, porque o nosso coletivo já está forte. Nosso espírito está bem fortalecido depois dessa semifinal, independentemente da eliminação. Mas o que temos de colocar pra fora é o individual, a confiança e a coragem para jogar”, analisou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Reforços

Sobre os reforços que estão chegando para a sequência da temporada, Wesley vê como necessário e lembra que é preciso ter um elenco competitivo para a disputa da Série B.

“Todos nós sabemos que são normais as chegadas de jogadores após os estaduais. Que eles venham para agregar ainda mais qualidade ao nosso elenco. Eu acho que é necessário. Num campeonato longo, como é a Série B, é preciso ter um elenco competitivo em todos os setores, para que a gente possa conseguir coisas grandes na Série B”, explicou.

Copa do Brasil

Questionado sobre o Bragantino-PA, que eliminou a Aparecidense e será o próximo adversário do Tigrão na Copa do Brasil, Wesley confessa que estava “torcendo” para pegar os paraenses na próxima fase e sair da atmosfera de Goiânia.

“Eu tinha minha preferência. Minha preferência era o Bragantino-PA, por jogar em dois campos bons. E até para sair um pouco da atmosfera de Goiânia, que ficou depois dessa semifinal. Tive a oportunidade de assistir ao jogo ontem (10) e percebi que eles são uma equipe de bastante velocidade, que joga bastante forte na transição. Por jogarmos o primeiro jogo em casa, temos de nos impôr e colocar o nosso ritmo, para fazer o resultado e ir pra lá com a vantagem nas mãos. E eu tenho certeza que, depois de tudo que aconteceu com a gente, vai ser um grande jogo, onde estaremos com um novo espírito para a Copa do Brasil e a Série B”, finalizou.

anúncio

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here