5.6 C
New York
quinta-feira, fevereiro 29, 2024
InícioQuadraVôleiVila/Universo mira "oxigenação" no vôlei feminino goiano e trabalho de base no...

Vila/Universo mira “oxigenação” no vôlei feminino goiano e trabalho de base no masculino

Um dos objetivos da parceria Vila Nova/Universo para 2021 é o desenvolvimento do vôlei feminino. O Tigre possui, atualmente, equipes sub-13 e sub-16, e planeja, como próximos passos, o desenvolvimento do vôlei em faixas etárias mais avanças, incluindo o adulto, além de fomentar a base também no masculino. 

 

Mais do vôlei goiano:
-> Vila perdeu levantador titular, mas contratou outros quatro atletas
-> Anápolis anuncia líbero ex-Cruzeiro

- Anúncio -

“A gente quer fazer uma renovação, uma oxigenação no voleibol feminino de Goiás, já que tem uma lacuna muito grande na faixa etária de 20 a 35 anos e de atletas de qualidade”, explicou Willian Mendes, gestor de esportes olímpicos da parceria.

O trabalho na base do vôlei feminino ficava a cargo de Neilon Carlos. Porém, o treinador irá focar totalmente na equipe adulta masculina, que se prepara para a disputa da segunda divisão nacional. Com isso, uma nova comissão técnica será responsável pelas categorias menores.

“Neilon vinha fazendo esse trabalho há mais de dez anos, mas vai focar 100% na Superliga B masculina. Estamos formando profissionais, com a mesma metodologia para as categorias de base do Vila”, salientou Willian Mendes. “Outra novidade para janeiro será a criação da base do masculino de vôlei também”, admitiu o dirigente.

Com Neilon à frente, o Vila/Universo conquistou a Copa Brasília de vôlei feminino no sub-13, com três vitórias em três jogos. Disputou também no sub-16. A ideia da direção dos esportes olímpicos colorados é participar do máximo de eventos possíveis que surgirem no calendário em 2021.

Acompanhe o EG também nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram e Youtube.
Vitor Monteirohttps://esportegoiano.com.br/
Jornalista formado pela UFG (Universidade Federal de Goiás). Co-fundador do site Esporte Goiano, comentarista da TV Brasil Central e da Rádio Positiva FM. Trabalhou também na Rádio Universitária 870 AM, TV UFG, Rádio 730/Portal 730, Rádio Sagres, TV Sagres, jornal O Popular, MyCujoo, Eleven Sports e Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel) de Goiás.
Anúncio

Últimas

Anúncio
error: Este conteúdo é protegido por direitos autorais!
P