Tencati cobra Atlético mais incisivo e alerta para sequência desgastante

Foto: Paulo Marcos/Atlético CG
Anúncios

Nos últimos seis jogos, o Atlético foi mostrando evolução a cada compromisso. A defesa, calcanhar de Aquiles da equipe no início da Série B, se firmou e estancou a sangria de gols sofridos. Assim, os resultados começaram a aparecer e o Dragão colou no G-4. Contudo, segundo o treinador Cláudio Tencati, há ajustes a se fazer, principalmente na parte ofensiva.

O técnico atleticano espera que o Rubro-Negro defina melhor as bolas que tem no ataque e seja mais incisivo diante dos adversários. Ele, contudo, ressalta que essas melhorias só aparecem com tempo de trabalho.

– Talvez não vamos conseguir essa evolução rapidamente, mas eu vejo que temos que ser mais incisivos e definir mais jogadas. A gente trabalha bem a bola, faz ela circular, mas, a partir do momento da aproximação do gol do adversário, falta definir a jogada. É um pouco mais de clareza, de um preparar a bola para o outro, ou um cruzamento melhor executado e com boa presença de área. Isso é só jogo a jogo, treinando, repetindo e jogando. Acredito que será um processo natural – disse Tencati.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Mais: Kayzer nega ansiedade para entrar no G-4: “Cabeça fria”

Começou a maratona

Até o período da Copa do Mundo, os times da Série B tiveram um bom tempo de recuperação entre as partidas. Agora, todavia, a maratona de jogos começa. No período de uma semana, o Dragão terá três duelos pela frente, todos decisivos para o planejamento da comissão técnica.

Com o objetivo de fechar o turno com a maior pontuação possível, Cláudio Tencati quer que o Rubro-Negro some pontos diante de CSA, São Bento e Paysandu. A regularidade, de acordo com o técnico, é neste momento o fator fundamental para tornar uma equipe vencedora.

– Temos que manter uma regularidade de pontuação. Já conseguimos uma forma de jogar, temos um padrão de jogo que vai evoluindo a cada jogo e treinamento. Em termos de pontuação, deve-se manter. Os jogos começam a ficar difíceis. Temos uma sequência com o CSA na segunda-feira, no sábado o São Bento e na terça-feira o Paysandu. É tiro curto. Temos nove pontos em disputa para fazer um término de turno excelente. Para isso tem que se concentrar muito – comentou.

Comentários

comentários

PUBLICIDADE