Técnico do Corumbaíba pede calma à equipe para reverter resultado contra Jaó

Foto: Willian Rommel/Esporte Goiano
Anúncios

Apesar de ter perdido o primeiro jogo da decisão do Campeonato Goiano, a desvantagem do Corumbaíba é mínima. O revés por apenas um gol deixa as esperanças do bicampeonato vivíssimas, segundo o técnico Onir, do time do sul do estado.

Em entrevista ao Esporte Goiano, o comandante corumbaibense afirmou que o Jaó/Universo tem uma característica de muita marcação e, portanto, dará muito trabalho. Por isso, Onir sabe que os atuais campeões precisarão ter calma para marcar os gols necessários para o título.

– O time do Jaó é o mais chato de se jogar. Eles correm e marcam muito. Precisamos ter calma. Nosso time tem qualidade e o gol vai sair com naturalidade. Não podemos nos afobar e querer fazer os gols muito rápido. Temos que ter calma para trabalhar a bola e fazer os gols – alertou o técnico.

Fé no caldeirão
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assim como Thiaguinho, Onir crê na força da torcida. O técnico acredita que jogar em casa, com o ginásio abarrotado, pode, mais uma vez, fazer a diferença a favor do Corumbaíba. Para o comandante, o time precisa saber lidar com a festa e focar em quadra para levantar mais um troféu.

– A diferença é de apenas um gol. Estamos muito confiantes. Na nossa cidade, a torcida faz a diferença. Lá é um caldeirão e ferve, será uma grande festa. Está aberto. Vamos jogar com o pé no chão – salientou.

Comentários

comentários

PUBLICIDADE