5.6 C
New York
sexta-feira, maio 27, 2022
Início Futebol Atlético "Nós tínhamos que estar onde o Fortaleza está", afirma Adson, que sonha...

“Nós tínhamos que estar onde o Fortaleza está”, afirma Adson, que sonha com Libertadores

O presidente do Atlético Goianiense, Adson Batista, afirmou que o elenco do Dragão tem qualidade suficiente para conquistar uma vaga numa competição internacional ao fim do campeonato, até mesmo uma Libertadores. Para o dirigente o Atlético deveria estar onde o Fortaleza se figura atualmente, na quarta colocação da Série A, fazendo uma campanha surpreendente, visto que tem até melhores condições que o clube cearense. 

 

Adson afirmou que o que vem impedindo de uma melhor campanha do time é a falta de concentração em algumas partidas. Citando exemplos nas derrotas para Palmeiras, Atlético Mineiro e Athletico Paranaense, o presidente frisou que se isso for melhorado, o Dragão sonha com a primeira parte da tabela. 

- Anúncio -

Mais do Dragão:
Veja como foi a derrota para o Athletico-PR
Presidente destaca que houve relaxamento do time em derrota 
Clube anuncia a política de ingressos no retorno da torcida
Confira a tabela da Série A

– No término do campeonato o Atlético vai estar na primeira divisão e esse é o nosso maior objetivo. Mas nós, pelo campeonato que fizemos, temos condições de pensar em algo mais, assim como fizemos ano passado. Eu falei para os jogadores, nós tínhamos que estar onde o Fortaleza está, porque nós temos condições para isso. Mas o dia que não entramos com concentração máxima, que o conjunto não funciona, pois o nosso forte é o todo, nós vamos perder os jogos. Como foi conta o Athletico e Palmeiras em casa, contra o Atlético Mineiro lá, então temos que entender que Série A é assim, mas eu sempre sonho. 

Adson ainda afirmou que o Atlético está no caminho certo no quesito de crescer no cenário nacional. O dirigente destacou que toda a Série A que o time disputa ele sonha em chegar o mais longe possível e com uma vaga na Libertadores. 

– Eu sei do meu tamanho, eu não empolgo, mas estamos jogando no limite com sangue no olho. Primeiro é fazer nosso dever, atingir o objetivo, e lógico depois que atingir o objetivo nós vamos sonhar, e estamos sonhando. É meu sonho, sempre falei isso, toda a Série A que disputamos eu sempre sonho para poder demarcar terreno, ir crescendo e chegar mais longe. Para ser grande, temos que superar tudo isso, fazer nosso torcedor crescer, nossa torcida é a que mais cresce no estado, então é isso que nós temos que fazer, e eu tenho certeza que o futuro será interessante e grande para o Atlético, mas sempre com responsabilidade financeira, e pés nos chão. 

Acompanhe o EG também nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram e Youtube.

 

Willian Rommel
Jornalista formado na UFG. Pós graduado em jornalismo esportivo pela faculdade Estácio. Trabalhou na Rádio Universitária 870 AM, na Rádio Difusora 640 AM, Rádio Bandeirantes Goiânia, Diário de Goiás e na TV UFG. Profissional na área esportiva desde 2012.
Anúncio

Últimas

CBF detalha mais seis jogos da Aparecidense na Série C

A Aparecidense já sabe datas, horários e locais dos duelos pelo Campeonato Brasileiro da Série C até a 16ª rodada. A tabela...

Copa Goiás de Futsal define oito campeões no fim de semana

Mais oito campeões da Copa Goiás de Futsal serão definidos no próximo domingo (29). As partidas decisivas estão marcadas para ocorrer entre...

Dragão conhece adversário das oitavas da Sul-Americana nesta sexta-feira (27); veja os potes

O Atlético-GO conhece nesta sexta-feira (27) o adversário da fase de oitavas de final da Copa Sul-Americana. O sorteio está agendado para...

Stefano destaca sequência positiva do Anápolis pela Série D 2022

O Anápolis vive o seu melhor momento na temporada. A equipe acumula quatro vitórias consecutivas pelo Brasileirão Série D 2022 e obteve...

Confira quem apita os jogos de Goiás e Atlético/GO na 8° rodada da Série A

A CBF definiu a escala de arbitragem da oitava rodada da Série A do Brasileiro, que irá ocorrer neste final de semana...
Anúncio