5.6 C
New York
quinta-feira, setembro 16, 2021
Início Futebol Goiás Ney Franco classifica 2º tempo do Goiás: "desastroso"

Ney Franco classifica 2º tempo do Goiás: “desastroso”

O Goiás foi para o vestiário ao final do 1º tempo vencendo o Athletico pelo placar de 1×0. No entanto, a vantagem foi logo revertida pelo Furacão no início da etapa final. A equipe sofreu dois gols antes dos 10 minutos. Na entrevista coletiva após o jogo, Ney Franco lamentou o fato dos jogadores não começarem a etapa final concentrados. Para ele, após os dois gols, a equipe se desajustou dentro de campo e esse desajuste foi fundamental para a virada do Athletico.

Mais do Goiás
Tadeu lamenta falta de reação da equipe no 2º tempo

“A palavra certa é essa. Segundo tempo foi desastroso. Além de não pontuar, perdemos por uma margem que não imaginávamos. Além do gol, criamos três oportunidades claras.
pagamos caro por não ter começado o 2º tempo concentrados e focados. Tomamos dois gols rápidos e a equipe se perdeu, em termos de posicionamento dentro de campo. Jogar desajustado contra um time forte no contra-ataque, como é o Athletico, é fatal. Pagamos caro por isso”, pontuou o treinador sobre os motivos que levaram a virada do Athletico no 2º tempo.

Substituições que não funcionaram
- Anúncio -

Após a virada, Ney Franco tentou mandar o time pra cima, ao tirar o volante Breno e colocar o meia Marlone. Um pouco após essa alteração, o Goiás sofreu o terceiro gol, marcado pelo lateral Adriano. Para o treinador, o gol foi um balde de água fria nos planos do Goiás. O comandante ainda lamentou que as alterações processadas por ele não tenham dado certo na partida.

“Foi (banho de água fria). Sabíamos que o Rafael Moura não aguentaria o tempo todo, o (Léo) Sena caiu um pouco na parte física. Coloquei o Filipe Trindade para dar uma sustentação e impedir o trabalho do adversário por dentro, mas infelizmente nenhuma das substituições deu certo. Fizemos um 2T bem abaixo do potencial que nossa equipe tem e do que vínhamos fazendo no segundo turno. Perder pro Athletico aqui dentro é normal para qualquer equipe, mas a forma que perdemos nos deixa extremamente envergonhados. Agora temos de recuperar porque temos dois jogos dentro de casa e manter para tentar chegar aos 44 pontos e desligar de vez da questão de rebaixamento”, lamentou o treinador as alterações que não deram certo no decorrer do jogo contra o Athletico.

Anúncio

Últimas

Apesar da má fase do São Paulo, André Luis prega “cuidado” ao adversário

O atacante do Atlético Goianiense, André Luis, afirmou que o Dragão tem que ter "cuidado" na partida contra o São Paulo, neste...

Higo se mostra confiante e fala em “controle emocional”, para duelo contra o Coritiba

O técnico do Vila Nova, Higo Magalhães, destacou que o Tigrão precisa ter o "controle emocional" dentro de campo para a partida...

“Eu quero o título da Série B”, afirma presidente do Goiás; contratações foram encerradas

O presidente do Goiás, Paulo Rogério Pinheiro, afirmou que o clube irá atrás do título da Série B. Segundo o dirigente esmeraldino...

Prefeitura de Goiânia lança “Esporte nos Bairros”, projeto com mais de mil inscritos

Na manhã desta quinta-feira (16), a Prefeitura de Goiânia lançou o projeto Esporte nos Bairros, voltado para o apoio do esporte gratuito...

Em cinco modalidades, goianos embarcam para disputar Paralimpíadas Universitárias

Na última quarta-feira (15), a delegação goiana embarcou para a disputa das Paralimpíadas Universitárias de 2021. Com 17 atletas em cinco modalidades...
Anúncio