5.6 C
New York
segunda-feira, agosto 10, 2020
Início Futebol Goiás Ney Franco valoriza bom desempenho, mas pondera sobre falta de competência

Ney Franco valoriza bom desempenho, mas pondera sobre falta de competência

Diante do Sol de América, o Goiás foi dominante. Teve maior posse de bola, controlou o duelo durante os 90 minutos, mas faltou o gol. A melhor chance da equipe foi com Rafael Moura, que finalizou após Lucão fazer o pivô para o centroavante. Apesar do revés, Ney Franco elogiou a postura da equipe. O treinador pontuou que se a partida não foi a melhor da equipe na temporada, foi próximo disso.

Mais do Goiás
Daniel Bessa pede mais garra e determinação para o jogo da volta
Confira como foi o duelo

“Se não foi nosso melhor desempenho, foi o segundo melhor jogo nosso na temporada. Criamos três oportunidades claras de gols e não convertemos. Esperamos, no decorrer da temporada, que a equipe jogue ainda mais”, analisou o treinador a partida feita pelo Goiás.

“Faltou competência”

Para o treinador, faltou competência para a equipe de converter a superioridade nos números e gols. Segundo ele, a equipe tem totais condições de reverter o placar adverso em casa.

“Não tivemos competência para fazer. Fomos bem superiores nos números, tivemos controle total, da posse, criando oportunidades no primeiro tempo. Merecíamos um resultado melhor, mas não existe injustiça no futebol. Não tivemos competência para fazer os gols quando criamos. Saímos com sentimento que jogamos bem e com capacidade de definir a classificação na nossa casa, contra um adversário que joga bem postado. A classificação está aberta, pois temos totais condições de reverter em casa”, falou o treinador sobre a falta de competência da equipe para marcar os gols.

Adversário 

Após o revés, o treinador analisou o adversário. Segundo ele, a equipe joga com linhas baixas e exploram as transições e bolas paradas, em uma dessas bolas paradas saiu o gol do Sol de América após cobrança de falta.

“Um adversário que trocou seu comando técnico, que tem linhas defensivas baixas, que exploraram as transições e procurando as jogadas de bola parada, com escanteios e cobranças de falta. Mostrou ser uma equipe bem montada e bem estruturada, por isso conseguiram o resultado”, analisou o treinador a equipe do Sol de América.

Anúncio

Últimas

De olho na Série D, Aparecidense inicia atividades

A Aparecidense iniciou os trabalhos visando a Série D 2020. Na tarde desta segunda-feira (10), dez jogadores iniciaram as atividades no clube, seguindo protocolos de segurança e prevenção.

Embalada, Rensga encara Team oNe de olho em decisão inédita

A Rensga faz o maior jogo de sua história nesta terça-feira (11). Às 18h, a organização goiana duela com a Team oNe,...

Após empate com Vila, Manaus anuncia saída de treinador

A primeira rodada da Série C nem foi concluída, mas já aconteceu a primeira demissão de treinador. Após empatar com o Vila Nova na estreia, o Manaus anunciou a saída do técnico Welington Fajardo.

Túlio Lustosa defende jogadores após acusações: “Eles são pessoas públicas e sabem disso”

Diretor de futebol do Goiás, Túlio Lustosa falou nesta segunda-feira (10) sobre as acusações de que alguns atletas do clube estariam "furando a quarentena". Segundo o dirigente, não chegou nenhuma reclamação para a diretoria sobre isso até hoje e que um suposto vídeo que está circulando nas redes é antigo.

Chico demonstra aflição com pandemia no Brasileiro e destaca sonho em defender seleção coreana

Recém-contratado pelo Atlético, o meia-atacante Chico foi apresentado nesta segunda (10). Na sua primeira entrevista pelo novo clube, admitiu a preocupação com a saúde e falou sobre eventuais novos casos de adiamentos de partidas nos Brasileirão, em virtude da pandemia do novo coronavírus. O sonho de defender a seleção da Coréia do Sul e as expectativas com a camisa rubro-negra também foram assuntos.
Anúncio