5.6 C
New York
quinta-feira, outubro 22, 2020
Início Quadra Vôlei Estudiosa, Jeide Rudgeri encara maior desafio da carreira no Caldas/Apav Vetor

Estudiosa, Jeide Rudgeri encara maior desafio da carreira no Caldas/Apav Vetor

A goiana Jeide Rudgeri terá no próximo mês o maior desafio de sua carreira profissional até aqui. Ela foi contratada há cerca de duas semanas para comandar o Caldas EC/Apav Vetor na Superliga C, que ocorre a partir de 3 de novembro, já em sua primeira experiência como treinadora principal de uma equipe adulta.


Apesar do posto novo na comissão técnica, não faltam conhecimento e experiência a Rudgeri. Natural de Goiânia, ela levou a seleção goiana a feitos inéditos durante seu comando. Também integrou a comissão técnica do Jaó/Universo, em 2017, na campanha que culminou no vice-campeonato dos goianos. “Adoro desafios. Sempre estamos aprendendo. É bom aprender cada vez mais e colocar em prática o que a gente estuda”, afirmou.

Mais do vôlei
Vila Nova perde primeiro amistoso
Confira a tabela da Superliga C

Estudar o voleibol, aliás, é uma das paixões de Rudgeri. A técnica manteve-se ativa durante a paralisação pela covid-19 e fez vários cursos. Mensalmente, ela também participava de uma reunião com vários técnicos de todas as partes do país. “Trago para o meu dia a dia o que estudo, o que percebo e o que posso tirar do atleta”, contou.

A treinadora tem implementado sua filosofia em Caldas Novas sem muita dificuldade. Acostumada a trabalhar com base, Rudgeri mantém o projeto Centro de Atividades Mais Vôlei (Camv), em Uberlândia, para atletas de seis a 18 anos. Lapidar o jovem elenco do CEC/Apav Vetor é o novo desafio da profissional. “Estou otimista para trabalhar com essa garotada e entusiasmada para polir o talento deles”, reforçou.

Rudgeri tem tentando trabalhar também com o psicológico do plantel. O Caldas está num grupo complicado, com forças como Vila Nova, Neurologia Ativa, além de equipes do DF e do Pará. A técnica quer mostrar que, apesar da juventude, o time pode surpreender na Superliga C.

– Estamos trabalhando muito no sentido de estruturá-los e mostrar que eles são capazes de disputar uma Superliga mesmo sendo tão jovens. Estamos fazendo um trabalho muito tático e estratégico. É um trabalho muito minucioso. São meninos fortes, mas novos, que nunca competiram numa competição tão pesada – destaca.

Sonho

Conquistar o acesso não será fácil para o Caldas EC/Apav Vetor. Porém, a equipe não nega que almeja uma vaga na Superliga B de 2021. A técnica afirma que a preparação é para buscar vitórias e não apenas ser mais um participante.

– Temos muito pé no chão. Estamos preparando os meninos para isso. Não entro na quadra para perder, quero fazer o melhor jogo. Coloco na cabeça deles que o jogo é jogado. Por mais que tenhamos adversários muito bons, eu vou para ganhar e disputar. Claro, com respeito, mas vamos mostrar dentro de quadra porque estamos disputando. Não vamos só fazer parte. Queremos mostrar um voleibol com qualidade e excelência – ponderou.

A Superliga C também é importante para a carreira de Rudgeri, que pretende ganhar mais espaço no mercado e se firmar no cenário como técnica principal. “É algo novo e para mostrar que as mulheres são capazes. Vivemos num mundo tão machista. Falar de mulher técnica é muito raro”, pontua.

A comandante do Caldas espera que a experiência no sul do estado seja a primeira de muitas oportunidades como chefe da comissão técnica na carreira.

– Espero que todo mundo veja com bons olhos a liderança de uma mulher. Tenho certeza que nós mulheres não estamos aquém dos homens. Somos tão importantes quanto. Precisamos transpor essas barreiras. O esporte é para todos. Independente do gênero, tendo conhecimento, a gente pode mostrar a que veio.

Acompanhe o EG também nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram e Youtube

Rafael Tomazeti
Jornalista formado pela Universidade Federal de Goiás. Fã de esportes e apaixonado pelo estado de Goiás. Trabalhou na Rádio Universitária 870 AM, TV UFG, Rádio 730/Portal 730 e Jornal Diário do Estado.
Anúncio

Últimas

Depois de derrota no Brasileiro, Sub-20 do Goiás volta a encarar o Flamengo pela Copa do Brasil

A equipe Sub-20 do Goiás volta a se preparar para uma partida contra o Flamengo, mas desta vez, pela Copa do Brasil....

Contra Vitória-ES, Goiânia tenta primeira sequência de triunfos para se firmar no G-4

O Goiânia vai à capital do Espírito Santo na tarde desta quinta-feira (22) querendo embalar na Série D do Brasileirão. Às 15h,...

Goianésia busca revanche contra Real Noroeste e tenta retomar vice-liderança

O Goianésia entra em campo nesta quinta-feira (22) mordido pela goleada sofrida pelo Real Noroeste na rodada passada. O Azulão do Vale...

Com facilidade, Aparecidense atropela União/MT e segue líder do grupo 5

Aparecidense sobrou em campo e atropelou o União/MT jogando no Aníbal Toledo, pela oitava rodada do grupo 5 da Série D. O...

Em busca da primeira vitória, Vila Nova encara Juventude pelo Brasileiro de Aspirantes

Nesta quinta-feira (22), o Vila Nova visita o Juventude, no estádio Homero Soldatelli, às 15 horas, pela 2ª rodada do Campeonato Brasileiro...
Anúncio