Iporá leva decisão para os pênaltis, perde chances de fechar e dá adeus à Copa Verde

Foto: AssCom Dourado
Anúncios

Os pênaltis mais uma vez dilaceraram o coração do torcedor do Iporá. O time goiano foi ao Mato Grosso, bateu o Cuiabá por 1 a 0 na Arena Pantanal no tempo normal e levou a decisão das oitavas de final da Copa Verde para os pênaltis. O Lobo Guará teve duas chances de fechar a série e avançar, mas desperdiçou e, após 18 cobranças, acabou sendo eliminado com 6 a 5.

O jogo foi o último dos iporaenses em 2019. A equipe comandada por Guilherme Gomes encerra uma temporada cheia, com Goianão, Série D e Copa Verde. Em 2020, o Iporá terá apenas o Estadual no calendário.

Veja como foi o confronto lance a lance

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Travessão balança

Mesmo jogando fora de casa, o Iporá não se intimidou. O time goiano utilizou seu tradicional jogo rápido reativo e causou sustos ao favorito Cuiabá. A melhor chance da primeira etapa, inclusive, foi do Lobo Guará. Aos 11 minutos, Neverton pegou rebote de chute de Mirandinha e chutou forte, no travessão do goleiro Paulo Henrique.

O Dourado tinha mais posse, todavia não transformava o controle da bola em chances de gol. A maioria das jogadas dos donos da casa eram cruzamentos improdutivos na área. Por sua vez, o time goiano era mais arisco, principalmente com Neverton, Everton e Danillo Ribeiro.

O lateral-esquerdo era uma grande arma ofensiva do Lobo Guará e ele quase anotou aos 36 minutos. Danillo Ribeiro recebeu a bola no rebote de escanteio e soltou uma bomba, obrigando Paulo Henrique a praticar boa defesa. O jogador do Iporá ainda finalizou mais duas vezes com perigo, mas não conseguiu tirar o zero do placar na primeira etapa.

Neverton dá vida

O Iporá, mesmo precisando vencer, foi muito menos perigoso no segundo tempo. Se o time goiano acertou o travessão na etapa inicial, nos últimos 45 minutos o Lobo Guará mal finalizou ao gol defendido por Paulo Henrique. Mesmo assim, foi mais efetivo e conseguiu levar o confronto para os pênaltis.

O Cuiabá chegou a acertar uma bola no travessão com Hugo Cabral aos 10 minutos e parecia que controlaria o resultado até o final. O Dourado, embora se apresentasse de maneira morosa, tinha tranquilidade e pouco era ameaçado.

Mas o Iporá tinha Neverton. O atacante, que já tinha acertado a trave mato-grossense no primeiro tempo, era o homem mais perigoso do Lobo Guará e foi letal aos 37 minutos. O atacante recebeu na área, limpou a marcação e fez um lindo gol chutando no ângulo de Paulo Henrique. Depois do gol, o Cuiabá tentou o gol que daria a classificação, mas não assustou o time goiano.

Derrota dolorosa

Na cobrança de pênaltis, o Iporá saiu atrás com o erro de Wellington. No entanto, teve duas chances de fechar a série, nas cobranças desperdiçadas por Samuel e Everton. Depois de quatro falhas dos goianos nas penalidades, o Cuiabá fechou a série em 6 a 5 após 18 cobranças.

Ficha técnica
Cuiabá 0 (6) x (5) 1 Iporá – volta das oitavas de final da Copa Verde 2019
Data: 14 de agosto de 2019
Horário: 20h30 (de Brasília)
Local: Arena Pantanal; Cuiabá, MT

Árbitro: Jonathan Antero Silva (RO)
Assistentes: Márcia Bezerra Lopes (RO) e Adenilson de Souza Barros (RO)

Amarelo: Ronaldo (IPO)
Gol: Neverton, aos 37’2T (IPO)
Pênaltis: Cuiabá – Caio Dantas, Marino, Ednei, Toty, Alex Ruan e Paulo Henrique marcaram. Jean Patrick, Josiel e Raul perderam
Iporá – Bosco, Otacildo, Danillo Ribeiro, Neverton e Lucão marcaram. Wellington, Samuel, Everton e Ronaldo perderam

Cuiabá: Paulo Henrique; Toty, Willian Barão, Ednei e Danilo; Felipe Profeta (Alex Ruan), Marino e Jean Patrick; Hugo Cabral (Raul), Gutiérrez (Josiel) e Caio Dantas.
Treinador: Itamar Schulle.

Iporá: Weverton; Everton, Lucão, Samuel e Danillo Ribeiro; Bosco, Ronaldo, Wellington e Mirandinha (Bruno); Neverton e Otacildo.
Treinador: Guilherme Gomes.

Comentários

comentários

PUBLICIDADE