5.6 C
New York
domingo, abril 21, 2024
InícioFutebolVila NovaHugo Bravo vai às lágrimas, mas crê em acesso: "não sei quando,...

Hugo Bravo vai às lágrimas, mas crê em acesso: “não sei quando, mas vamos colher”

O presidente Hugo Jorge Bravo não segurou as lágrimas depois da derrota do Vila Nova para o ABC neste sábado (25) – que custou a vaga na Série A aos colorados. Ele citou a dor dos torcedores que se mobilizaram para ir a Natal, do grupo e das pessoas que contribuíram para colocar o Tigre em condição de acesso na última rodada.


O dirigente vilanovense, porém, mostrou fé no trabalho da atual diretoria e numa promoção em breve. “Não sei quando, mas vamos colher. Não estamos plantando vento para colher tempestade. O sentimento é de tristeza, mas se tiver que falar algo bom, é que mostramos que é possível e estamos caminhando. Pode demorar, mas tem alguma coisa boa para vir para nós. Vamos continuar trabalhando”, disse.

Mais do Tigrão
Elenco é achincalhado no Frasqueirão

- Anúncio -

Bravo lembrou que a campanha de 2023, embora termine com dor, foi a melhor da história do clube e indica um caminho positivo. O dirigente lembrou que o Vila não foi derrotado por Vitória, Juventude e Atlético-GO, três dos quatro clubes que subiram, mas falhou diante de equipes da parte baixa.

“Você não deixa de subir no último jogo. Perdemos cinco pontos para o ABC, cinco para a Ponte Preta. Fraquejamos quando não podíamos. Erramos quando não podíamos. Agora é juntar os cacos e bola para frente”, frisou.

Para Bravo, o time começou bem, mas se desconcentrou após o primeiro gol. Por várias vezes, o presidente lembrou do gol contra de Rafael Donato na cobrança de falta, e repetiu: “não podemos tomar um gol daquele”. O cartola ainda afirmou que houve ‘mala branca’ para motivar o ABC.

“O time entrou bem, marcando alto. Faltou concentração. Um jogo desse não pode ter erro. A margem de erro é zero. O adversário a gente sabe que vem motivado por outras coisas – e não acho errado. Não temos que ser idiotas e achar que não tem mala branca. Há times que acharam que haviam subido e tiveram que gastar muito dinheiro”, disse.

Acompanhe o EG também nas redes sociais: FacebookTwitterInstagram e Youtube.
Rafael Tomazeti
Jornalista formado pela Universidade Federal de Goiás. Fã de esportes e apaixonado pelo estado de Goiás. Trabalhou na Rádio Universitária 870 AM, TV UFG, Rádio 730/Portal 730, Jornal Diário do Estado, Diário de Goiás e Rádio BandNews.
Anúncio

Últimas

Anúncio
error: Este conteúdo é protegido por direitos autorais!
P