Goiás perde patrocínios e Marcelo Almeida calcula prejuízo milionário

Foto: Rosiron Rodrigues/Goiás EC
Anúncios

Os prejuízos causados pela pandemia do coronavírus também estão no futebol. No Brasil, o calendário nacional está suspenso por tempo indeterminado. Em âmbito estadual, o Goianão também foi suspenso sem data para voltar. Sem fontes de renda, as equipes quebram a cabeça para honrar seus compromissos.

Mais do Goiás
Relembre todas as camisas de jogo lançadas pelo Goiás na década
Goiás é o clube que mais utilizou jogadores diferentes no Brasil
Leia a entrevista com o ex-atacante Dill

No Goiás, o presidente Marcelo Almeida revelou que a equipe perdeu todos os seus patrocinadores. Em entrevista a Rádio Sagres 730, o dirigente disse que ainda não sabe mensurar o prejuízo, pois as contas ainda não foram feitas, mas que será um déficit milionário. Segundo o mandatário, o clube pode ter outros prejuízos caso a pandemia se alongue por mais tempo, como o dinheiro recebido pelas transmissões dos jogos da equipe.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Nós perdemos 100% dos nossos patrocinadores. Perdemos um quantitativo financeiro muito grande. Em breve eu estarei passando a régua no prejuízo que o Goiás vai ter, ainda não passei pois a guerra ainda não acabou. Eu vou esperar mais um pouco, mas não tenho dúvida nenhuma que será um prejuízo milionário. O Campeonato Goiano não sendo dado sequência é um prejuízo imenso, o risco do início do Brasileirão e a falta de televisionamento são outros. Não sabemos se a Globo vai conseguir honrar os compromissos conosco. É uma grande incógnita, felizmente os nossos atletas, fornecedores estão passando pelo mesmo problema, todos estão no mesmo barco. Todos vão ter que entender que é uma dificuldade grande para todo mundo, infelizmente”, explicou o presidente a situação financeira que vive o Goiás.

Comentários

comentários

PUBLICIDADE