Goianos vão bem, mas não chegam às finais do Brasileiro de Boxe

182

A delegação goiana foi bem representada em Fortaleza, na disputa do Campeonato Brasileiro de Boxe Masculino – Elite e Juvenil. O estado conseguiu colocar três representantes nas semifinais e outros três atletas pararam nas quartas de finais do torneio nacional.

Os melhores resultados foram de Uendel Santos, até 75kg no Elite, e Gabriel Sanches, até 57kg, e João Rocha, até 63kg, ambos do Juvenil. Rocha fez uma luta equilibrada com o fluminense Matheus Jesus nesta sexta-feira (7) e perdeu por decisão dividida, com 3 a 2. Uendel Santos não teve chance contra o baiano Hebert Conceição e caiu por decisão unânime. Por sua vez, Gabriel Sanches foi desqualificado e não lutou a semifinal contra Francisco Santos, de Roraima.

Gabriel Limongi mira Olimpíadas e sucesso no boxe profissional

Outros atletas que se destacaram foram Gabriel Limongi, até 63kg, Alceu de Paula, até 69kg, e Marco Junior, na categoria até 91kg, todas na Elite. O trio parou nas quartas de final, disputadas na quinta-feira (6). Limongi, que havia se dado muito bem na primeira luta, não foi páreo para o fluminense Wanderson Oliveira e perdeu por decisão unânime dos juízes. Alceu de Paula, que vinha lutando muito bem, não entrou no ringue e foi derrotado por WO, favorecendo o paulista Jhonathan Soares. Marco Junior lutou contra o mato-grossense Cauã Diogo e foi eliminado por decisão unânime.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Bruno Pacheco, até 52kg, Rodrigo da Silva, até 57kg, Nelson Sartorato, até 81kg, e Mateus da Silva, acima de 91kg, também representaram Goiás no Brasileiro Elite, mas não passaram das preliminares. Ivan Silva, na categoria até 52kg – Juvenil, foi outro lutador goiano em Fortaleza.

anúncio

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here