Goiânia será sede do Comitê Paralímpico Brasileiro, revela superintendente

Foto: Willian Rommel/EG
Anúncios

Goiânia será sede do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) a partir de outubro. A informação foi dada pelo superintendente de paradesporto e fomento esportivo da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel) durante a realização do 2º Festival Paralímpico, no Centro de Excelência.

– Temos uma parceria firmada com o Comitê Paralímpico Brasileiro. Em outubro, eles vêm para sacramentarmos. O contrato está, inclusive, assinado para que Goiânia seja a sede do CPB – disse em entrevista ao Esporte Goiano.

Mais do Festival
Geovana Rodrigues comenta superação e conquistas
Gerente revela investimentos no paradesporto
Confira a galeria de fotos

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Além da capital, a Seel pretende implantar núcleos paradesportivos em várias cidades do estado. Conforme Fonseca, algumas cidades já até implementaram esses centros paralímpicos.

– Já temos núcleos em Itapaci, Cidade Ocidental, Valparaíso de Goiás. Silvânia também está montando. Tivemos visitas de Itumbiara e Catalão, que têm interesse em montar (o núcleo). Nossa expectativa é que 20 cidades tenham núcleo de paradesporto – explica.

Festival Paralímpico

O superintendente da Seel valorizou a realização de mais uma edição do Festival Paralímpico em três cidades goianas. De acordo com Jonas Fonseca, Goiás pôde, a partir do evento, promover a integração dos jovens e crianças com deficiência.

– É uma satisfação enorme. É o segundo festival e ficamos feliz que o estado de Goiás o receba, em Goiânia, Aparecida de Goiânia e Anápolis. É o início. É bom poder colocar a criançada para conviver mais entre eles e vivenciar mais os esportes. Antes acreditávamos que o Tênis de Mesa, o Atletismo, o Badminton, não poderiam ser executados por crianças com deficiência. A felicidade é muito grande. Esse é o início do nosso trabalho. Temos 250 crianças brincando, interagindo e dando o exemplo para nós. Esporte é para todos – afirmou.

Conheça os maiores apoiadores do site Esporte Goiano: WB Companies e Connect Media.

 

Comentários

comentários

PUBLICIDADE