Fegotarco premia campeões e celebra temporada vitoriosa

Foto: Fegotarco/Divulgação
Anúncios

A Federação Goiana de Tiro com Arco (Fegotarco) promoveu uma confraternização no último domingo (8) e premiou os atletas campeões da Copa Goiás – Outdoor de 2019. A competição teria 11 etapas, mas a última foi cancelada e o torneio terminou com 10 provas.

O campeão do composto masculino foi Thiago Pereira, líder do ranking nacional, que somou 3487 pontos ante 3442 do segundo colocado Maximiliano Favoreto. No composto masculino paralímpico ARW1, o vencedor foi Hélcio Luiz Perilo. No ARW2, deu Andrey de Castro em primeiro. Única mulher nos quadros da Fegotarco, Camila Hikari ficou com o ouro no composto feminino.

Mais do tiro com arco
Confira os campeões estaduais indoor de 2019

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

No arco recurvo, Thyago Tonetto somou 3076 pontos e garantiu o topo do pódio no adulto masculino. Na categoria juvenil, Paulo Francisco Neto foi o vencedor, com 1860 pontos. Nos Juniores, ouro para Milton Mikado, que atirou em quatro etapas e somou 2127 pontos.

Veja o ranking final

Ano de conquistas

A Fegotarco destacou os feitos que os atletas filiados à entidade conseguiram em 2019. Em seu primeiro ano, Camila Hikari foi 6ª e 4ª colocada nos rankings nacionais outdoor e indoor, respectivamente. Ela também ganhou medalha na dupla mista com Thiago Pereira, que fecha o ano como o melhor do Brasil no composto outdoor e em segundo no indoor.

As performances de Maximiliano Favoreto (5º outdoor e indoor) e Frederico Augusto Fogaça (9º outdoor e indoor), que integraram a equipe masculina do composto que trouxe o ouro no Brasileiro, também foram destacadas.

A goiana Jane Karla Gogel foi campeã brasileira paralímpica e fechou o ano na ponta do ranking nacional adulto e no paralímpico outdoor. No indoor, ela quebrou o recorde mundial paralímpico fazendo 575 pontos num torneio em Luxemburgo.

No composto masculino paralímpico, Andrey de Castro foi campeão brasileiro paralímpico e terminou em 2º no ranking outdoor paralímpico de sua categoria. Alair Jorge da Rocha foi prata no Brasileiro paralímpico, terminou em 5º no ranking outdoor de sua categoria e em 4º no indoor. Outro destaque foi Hélcio Luiz Perilo, campeão nacional W1 e líder dos rankings indoor e outdoor W1.

No Mundial de Tiro com Arco Olímpico e Paralímpico, em s-Hertogenbosch, na Holanda, Andrey de Castro, Jane Karla, Hélcio Perilo e Thiago Pereira competiram. No arco recurvo, a equipe masculina, composta por Franco André Martins, Rael Carniello e Thyago Tonetto terminou em quarto lugar no Multisites Indoor Competition of Americas (Mica). No composto, o time de Frederico Augusto Fogaça, Maximiliano Favoreto e Thiago Pereira também foi quarto das Américas.

No recurvo, depois de três anos sem participação no Brasileiro, Goiás conseguiu formar uma equipe. Thyago Tonetto teve o melhor resultado no ranking nacional 14º no outdoor e 17º no indoor. Gladston Silva também teve seu melhor resultado terminando em 34º no ranking outdoor. Por sua vez, Luís Felipe Pauliny, que já foi um dos melhores atletas da modalidade no país, retornou ao esporte.

Comentários

comentários

PUBLICIDADE