Daniel Serra comemora pole em Goiânia: “não poderia ser melhor”

(Foto: Vitor Monteiro/Esporte Goiano)
Anúncios

O paulista Daniel Serra foi soberano neste sábado no Autódromo de Goiânia. Com o melhor tempo nas três etapas do classificatório, garantiu a pole para a corrida deste domingo. O piloto da Eurofarma concedeu entrevista ao Esporte Goiano após garantir a ponta.

Saiba como foi o treino que definiu o grid!

Daniel comentou a dobradinha com Max Wilson, também piloto da Eurofarma (RCM). “É um trabalho que vem sendo muito bem feito pela equipe desde a pré-temporada. Os méritos são da equipe, que garantiu a primeira fila, pela evolução do ano passado para este. Será duas corridas duras, de 40 minutos, desgaste alto, então temos de estar concentrados”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Expectativas

Filho de Chico Serra, tricampeão da categoria, Daniel Serra busca, aos 33 anos, sua primeira conquista na Stock Car em 2017. O início tem sido animador: liderou os treinos na sexta e sábado. O objetivo agora é repetir o desempenho no domingo para largar na frente na temporada. “Espero um campeonato muito competitivo. O começo não poderia ser melhor, temos de correr amanhã para terminar com chave de ouro, porque classificação não marca ponto. Foi um ótimo começo e espero que a gente continue entrosado e evoluindo a cada sessão de treino”.

O pole falou a expectativa para a prova em Goiânia, ressaltando que a parte estratégica será fundamental. “A corrida será bem dura, mais difícil do que todos esperam. Apesar do desgaste não ser tão alto, é muito quente, o que esquenta demais os pneus, ainda mais com a largada 13h. Temos de pensar na degradação do pneu e na melhor estratégia para somar o maior número de pontos nas duas baterias”.

A partir de 2017, a Stock conta com algumas novidades, desde o formato dos treinos classificatórios até a duração (rodadas com duas corridas de 40 minutos) e pontuação das corridas (mesmo valor para as duas disputas), além da obrigatoriedade do pit stop para reabastecimento nas duas corridas.

As mudanças para o campeonato foram elogiadas por Daniel Serra. “Ficar mais emocionante para o público. O formato de classificação é muito mais legal do que era no ano passado. A corrida é mais interessante, com mais tempo correndo, mais disputas. Temos de pensar nas duas corridas (de 40 minutos cada) agora, não só em uma. Tudo que mudou do ano passado para este foi positivo”.

Comentários

comentários

PUBLICIDADE