Após veto a pilotos estrangeiros, Corrida de Duplas é adiada

Foto: Willian Rommel/Esporte Goiano
Anúncios

A pandemia provocada pelo COVID-19, o coronavírus vem trazendo transtornos por todo o mundo. Após anunciar o veto a pilotos estrangeiros na Corrida de Duplas, a Stock Car informou que a corrida será adiada. O motivo para o adiamento é o alinhamento com as medidas anunciadas pelo estado de Goiás, devido ao coronavírus.

Mais da Velocidade
Primeira etapa do Goiás Superbike 2020 será de portões fechados
Goiânia será palco de prova da Copa HB20

Disputada em Goiânia, a Corrida de Duplas iria abrir a temporada da Stock Car. Inicialmente marcada para o dia 29 de março, a etapa foi remanejada para o dia 22 de novembro.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O adiamento foi explicado por Carlos Col, CEO da Vicar, empresa responsável pela organização da Stock Car e da Stock Light. Segundo Carlos, não há como prever o estado do país até o dia da realização da prova.

“Decidimos tomar essa medida em função do possível avanço do vírus e também com as manifestações recentes do governo goiano. É impossível saber como estará o cenário daqui a duas semanas no país, quando faríamos a prova de abertura da temporada, então a decisão de adiar essa prova foi a mais acertada”, explicou o CEO acerca do adiamento da prova.

Com o adiamento, a etapa do Velopark, marcada para 12 de abril passa a ser a etapa de abertura da Stock Car. Porém, assim como em Goiânia, a corrida pode ser adiada.

Confira a postagem no perfil oficial da Stock Car

View this post on Instagram

Após considerar a evolução do quadro do coronavírus no país e em alinhamento com as medidas tomadas pelas autoridades do Estado de Goiás, a Vicar, organizadora da Stock Car e da Stock Light, informou que não realizará a Corrida de Duplas no próximo dia 29 de março, quando a etapa abriria a temporada da principal categoria do automobilismo brasileiro. Simultaneamente, a promotora já informou também que a tradicional prova, na qual competem dois pilotos por carro, está transferida para o dia 22 de novembro, no mesmo local, o Autódromo Internacional de Goiânia Ayrton Senna. “Decidimos tomar essa medida em função do possível avanço do vírus e também com as manifestações recentes do governo goiano. É impossível saber como estará o cenário daqui a duas semanas no país, quando faríamos a prova de abertura da temporada, então a decisão de adiar essa prova foi a mais acertada”, comentou Carlos Col, CEO da Vicar. “A decisão foi tomada após consulta junto a nossos patrocinadores e demais envolvidos na realização do evento. Nossa primeira e maior preocupação é preservar a saúde dos fãs locais, além dos envolvidos diretamente com a realização da corrida, uma comunidade que gira em torno de 800 pessoas. É a medida mais correta para o momento. Então optamos por ela”, ponderou o dirigente. Devido a este adiamento, a etapa do Velopark, dia 12 de abril, passa a ser a corrida de abertura da temporada. “Mas este evento continua sob observação, também devido ao cenário atual, que nos preocupa bastante. Então vamos aguardar as próximas semanas para decidir o que fazer no caso desta corrida também”, disse Col. Segundo o dirigente, a Stock Car manterá o calendário de doze etapas em 2020. “Não há motivo para não considerar que vamos realizar todas as corridas”, disse ele. “Temos um compromisso com nossa comunidade, que envolve, além das equipes e organização, os patrocinadores e a imprensa. Da nossa parte esse compromisso é 100% viável, desde que as condições de saúde no país estejam estabilizadas”, completou. Os ingressos adquiridos para os 200 km de Goiânia serão automaticamente reembolsados em seu valor integral na fatura do cartão de crédito utilizado na compra.

A post shared by Stock Car (@stock_car) on

Comentários

comentários

PUBLICIDADE