Cocá revela que Goiás deve repassar jogadores à Aparecidense para disputa da Série D

(Foto: Divulgação)
Anúncios

O diretor de futebol da Aparecidense, João Rodrigues, o Cocá, revelou, em entrevista ao Esporte Goiano, que o Goiás deve repassar entre quatro a cinco jogadores para disputar a Série D do Brasileirão pelo Camaleão.

O dirigente não quis revelar nomes, mas dois deles estão praticamente certos. O meia-atacante Alisson Taddei e o lateral Yago Rocha, que assinaram contrato com o Goiás nesta semana, interessam e devem ser emprestados ao clube de Aparecida de Goiânia.

– São dois jogadores que ajudariam bastante. Tem outros bons jogadores, mas eles fizeram um grande campeonato e a gente gosta do estilo deles. Acho que ajudarão muito a Aparecidense – afirmou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Azulão foi derrotado pelo Esmeraldino em jogo-treino nesta quarta

O Camaleão manteve cerca de 80% do elenco do Goianão para a Série D. Reforços já chegaram, como o meia Rodriguinho e o atacante Ayrton, ex-Goianésia, e outros serão confirmados, segundo Cocá. O objetivo, conforme afirma o diretor, é o acesso.

De acordo com Cocá, o elenco deve ter em mente que precisa mudar a postura em relação ao que foi apresentado no Estadual. O dirigente diz que a subida para a Série C ‘vale o ano’ da Aparecidense.

– A competição é totalmente diferente do Campeonato Goiano. A logística e os gramados são muito difíceis. Para ficar na Aparecidense, tem que enquadrar esse espírito de Série D, de luta. Não pode reclamar que vai ter viagem longa. Para ficar na Aparecidense, tem que querer. Sabemos das dificuldades e temos que passar por cima delas. Se quisermos um calendário completo para o ano que vem, temos que ir para a Série C. Esperamos que os que permaneceram, mudem a postura para buscar o acesso. Essa classificação vale o ano – disse.

Comentários

comentários

PUBLICIDADE