Em jogo de gol contra, Atlético vence Oeste e entra no G4

Anúncios
Foto: Jefferson Vieira/Oeste FC

Depois de quase dois meses sem vencer fora de casa (1 a 0 sobre o Fortaleza no dia 14 de julho), o Dragão voltou a sorrir. Na tarde desta sexta, 7, o Atlético-GO encarou o Oeste na Arena Barueri, e triunfou pelo placar de 2 a 1, partida válida pela 26ª rodada do Brasileiro da Série B. Os gols do rubro-negro goiano foram marcados por Daniel Borges, contra, e Renato Kayzer. Para os donos da casa, Marcinho anotou.

Confira como foi em tempo real!

Com o resultado, o Dragão fica em 3º lugar na classificação geral, 43 pontos ganhos. A Onça é 11º, 34 pontos conquistados. Na próxima rodada, sábado, 15, o Atlético faz o clássico com o Goiás, às 19h, no Olímpico. No mesmo dia, o Oeste recebe na Arena a Ponte Preta, às 21h.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Gol contra e golaço marcaram a igualdade na etapa inicial

Jogo começou pegado, com o Oeste tentando as jogadas em velocidade pelos lados. Mesmo assim, não houve perigo de gol nos primeiros 10 minutos. Só que aos 12, o Dragão veio a incomodar pela primeira vez e quase abriu o placar. Jonathan bateu cruzado, sozinho, e Tadeu espalmou para o lado. Em resposta, aos 13, a Onça finalizou para a boa defesa de Jefferson.

Marcinho arriscou da entrada da área e Jefferson fez boa defesa e espalmou a bola. Os donos da casa cresceram na partida, aumentaram a posse de bola, mas não colocaram a bola para dentro da rede até então. O Dragão não levava tanto perigo mas contou com a sorte aos 31 minutos.

Após dividida no meio-campo, a bola sobrou para Daniel Borges, que tocou para o goleiro Tadeu, ele foi dar um chutão, furou e ela entrou. Foi contra. 1 a 0 Atlético. O Oeste se atirou para o ataque e nem deu tempo do torcedor atleticano comemorar. Aos 33, Marcinho arriscou de longe e mandou no canto direito de Jefferson. Golaço. Tudo igual: 1 a 1.

A Onça empolgou e, aos 36, Raphael Luz cabeceou e mandou uma bola na trave no ímpeto de virar o placar. O Dragão tentou não desanimar antes do fim do primeiro tempo, apostou na jogada em velocidade de Kayzer, aos 40, e por pouco não voltou a frente. Pela direita, o atacante bateu cruzado e a bola foi à direita do gol de Tadeu. Ficou assim a etapa inicial: 1 a 1.

Kayzer dá vitória ao Atlético

Como esperado, os donos da casa começaram o segundo tempo pressionando. Logo aos 2 minutos, após escanteio, Patrick foi no alto e cabeceou sobre o gol levando perigo. A entrada de Zé Eduardo surtiu efeito rápido e, aos 7, quase balançou as redes. O jogador fez boa jogada dentro da área, chutou forte e Jefferson espalmou no canto direito.

A Onça foi surpreendida com a resposta imediata do rubro-negro. Isso porque aos 8, veio mais um gol. André Luis bateu cruzado, a bola desviou, Tadeu rebateu e Renato Kayzer mandou para as redes. 2 a 1 Atlético. O técnico Roberto Cavalo então adiantou a marcação de sua equipe e o Oeste começou a circular a bola no campo do Atlético, que recuou. Aos 21 minutos, por pouco não saiu um golaço.

Marcinho cobrou falta e quase acertou o ângulo direito de Jefferson. Já cansado fisicamente, o meia João Paulo quase ampliou o resultado para o Dragão. Aos 34, João recebeu na área e, sozinho, mandou rente a trave esquerda de Tadeu. Ele foi substituído por Denilson, visando dar mais profundidade e segurar a bola no ataque.

A última oportunidade de gol dos donos da casa assustou o time atleticano. Já aos 44, Leandro Amaro recebeu sem marcação, mas se desequilibrou e perdeu chance de finalizar. Ficou assim: Oeste 1×2 Atlético.

Ficha Técnica
Oeste 1×2 Atlético-GO – 26ª rodada da Série B
Data: 7 de setembro de 2018
Horário: 16h
Local: Arena Barueri, em Barueri (SP)
Árbitro: Wanderson Alves de Sousa/MG
Assistentes: Márcio Eustáquio Santiago/MG e Marconi Helbert Vieira/MG
Cartões amarelos: Betinho, Zé Eduardo e Raphael Luz (OES); Gilvan, Rômulo, João Paulo, Tomas Bastos e Júlio César (ACG)
Gols: Marcinho aos 33′ 1T (OES); Daniel Borges (contra), aos 31′ 1T, e Renato Kayzer 8′ 2T (ACG)
Oeste: Tadeu; Daniel Borges, Patrick, Leandro Amaro e Guilherme Romão; Marciel (Léo Castro), Betinho, Raphael Luz, Marcinho e Mazinho (Zé Eduardo); Pedrinho (Luquinhas).
Técnico: Roberto Cavalo
Atlético: Jefferson; Jonathan, Oliveira, Gilvan e Mascarenhas; Rômulo, Pedro Bambu e João Paulo (Denilson); Júlio César (Lucas Rocha), Renato Kayzer (Tomas Bastos) e André Luís.
Técnico: Claudio Tencati

Comentários

comentários

PUBLICIDADE