Aspirantes: Goiás vence o Bahia, assume vice-liderança e só depende de si para ir às semis

Foto: Hygor Ferreira
Anúncios

O Goiás está mais vivo do que nunca no Campeonato Brasileiro de Aspirantes. Depois de iniciar mal a segunda fase da competição, o Esmeraldino conseguiu mais uma vitória e assumiu a vice-liderança de seu grupo. No Estádio da Serrinha, o Verdão bateu o Bahia pelo placar de 3 a 0. Thalles, Samuel e Brasília foram os autores dos gols verdes.

Confira como foi a partida!

Com o resultado, o Verdão assume a vice-liderança do grupo. Agora, com sete pontos conquistados. Para ir às semifinais sem depender de ninguém, os comandados do técnico Augusto César precisam de uma simples vitória diante do Grêmio, na próxima quinta-feira (29), no Rio Grande do Sul.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O jogo

Precisando do resultado, o Goiás começou pressionando o Bahia. E, aos 8 minutos, conseguiu marcar seu primeiro gol. Em uma cobrança de falta perfeita, Thalles acertou o canto direito do goleiro Geovane, abrindo o marcador na Serrinha. Após o gol, o nível do time esmeraldino caiu um pouco. O Tricolor de Aço tinha o controle da posse de bola, mas não concretizava em chances claras de gol.

Na etapa final, o Goiás voltou a marcar nos primeiros minutos. Na marca de 10 minutos, Samuel aproveitou um belo cruzamento de Zeca, pela direita, e só completou para o fundo das redes. O Bahia voltou a crescer na partida, mas seguia desperdiçando seus ataques. Em chutes de fora da área, não incomodava o goleiro Matheus Alves. Aos 38, o Esmeraldino matou a partida. Em contra-ataque puxado por Guilherme Gomes, Vinícius foi acionado e serviu Brasília, que fuzilou.

Ficha Técnica
Goiás 3×0 Bahia
5ª rodada da 2ª fase do Brasileirão de Aspirantes
Data: 22 de agosto de 2019
Horário: 15h
Local: Estádio da Serrinha, em Goiânia (GO)

Gols: Thalles (8’/1T), Samuel (10’/2T) e Brasília (32’/2T) – Goiás

Árbitro: Anderson Ribeiro Gonçalves (GO)
Assistentes: Hugo Savio Xavier Correa (GO) e Paulo Cesar Ferreira de Almeida (GO)

Goiás: Matheus Alves; Taylon, Guilherme Rocha, Heron e Rodrigues; Breno, Flávio (Brasília) e Samuel (Guilherme Gomes); Rafael Barbosa (, Zeca (Gustavinho) e Thalles (Vinícius Lopes).
Técnico: Augusto César

Bahia: Geovane; Willean Lepo, Ignácio, Brunão e César; Paulinho (Pedro Vitor), Luciano Buiu (Carlinhos) e Cristiano (Geovane Itinga); Gustavo (Fernandinho), Caíque e Gabriel Esteves (Erison).
Técnico: Dado Cavalcanti

Comentários

comentários

PUBLICIDADE