Para Artur Neto, triunfo aumenta a confiança da Anapolina

Foto: Rossini Pasti/AA Anapolina
Anúncios

Na tarde de ontem, a Anapolina conquistou sua primeira vitória no Goianão 2020. No Jonas Duarte, a Rubra venceu o Goiânia pelo placar de 2×1. Na entrevista coletiva após a partida, Artur Neto valorizou o triunfo e a confiança que que ele traz para toda a equipe na continuidade do campeonato.

Mais do Goianão
Tadeu valoriza atuação do Atlético e mira reação diante da Anapolina
Cocá não garante permanência de Romerito na Aparecidense
Confira a entrevista com Bruno Rezende

“Primeiro é uma confiança. Eles começam a se sentir confiantes, a entender que a equipe apesar de não ter tido nenhum ponto nas primeiras quatro partidas tem um potencial para crescer. A equipe tem potencial para melhorar no campeonato e o nosso objetivo é esse. Vão ser jogos assim, todos os jogos vão ser duros, não vai ter nenhuma facilidade. Vai ser sofrido, tem que aprender a sofrer em determinadas circunstâncias, ocasiões. O importante é ter a cabeça no lugar, saber se defender nos momentos de dificuldade e também criar no momento que você for ao ataque. Nós criamos algumas situações para fazer mais de um gol. Eu tô satisfeito com o resultado, o importante era vencer”, analisou o treinador a importância do triunfo para a confiança dos jogadores da Anapolina.

Resultado justo
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Na análise do treinador, a partida foi dentro do que ele havia previsto. Duas equipes em situações complicadas na tabela, que precisavam do triunfo, mas que o resultado foi justo pelo que a Anapolina produziu em campo. Artur Neto voltou a falar sobre a confiança, que esse triunfo tira um peso de todos.

“Na verdade o jogo foi dentro do que prevíamos. Um jogo difícil, de duas equipes que não estavam bem na tabela e que ainda não estão. Nós precisávamos da vitória, a Anapolina não tinha nenhuma vitória no campeonato. Nós entramos em busca do jogo, criamos algumas situações, acho que a gente poderia ter feito (o gol) no primeiro tempo. Depois o jogo ficou perigoso, eles também tinham que atacar, criar. Foi um jogo muito disputado. Da mesma forma que eles tiveram chances de empatar, nós tivemos chances de fazer um placar melhor. Ficou justo por tudo que a equipe fez, trabalhou durante o jogo”

“E todo mundo precisava dessa vitória, os jogadores, torcedores, para todo mundo que gosta da Anapolina, pra poder tirar esse peso. Não é fácil pegar em uma situação como essa e começar a sair lá debaixo, a equipe começa a reagir, se encontrar, fica mais fácil para trabalhar. A gente precisa corrigir muita coisa, mas só se corrige com tempo de trabalho. Agora vamos aproveitar mais uma semana, já houve um crescimento físico. Semana passada nós sofremos, apesar do bom jogo que fizemos. Mais uma semana, mais um adversário duríssimo que é o Goiás, no próximo sábado. Temos que aproveitar esses intervalos de jogos para a gente ganhar dentro de campo”, analisou o treinador a partida diante do Goiânia.

Classificação para as quartas de final

Com o triunfo, a Anapolina deixou a zona de rebaixamento da competição. No entanto, a situação da equipe ainda é complicada. A Rubra tem o mesmo número de pontos de Aparecidense e Goiânia, no entanto leva a melhor nos critérios de desempate. Para o treinador, o momento ainda é de pensar na luta contra o rebaixamento, mas que mais adiante, a equipe pode pensar em uma eventual classificação no estadual.

“Tá muito cedo para falar lá na frente. Eu sou um cara muito pé no chão, estou acostumado a decidir campeonatos, então eu sei que existe um momento certo para começar a falar em mudar o foco. Vamos deixar o foco do jeito que está, existe uma linha muito tênue entre a faixa de rebaixamento e de classificação, ela é muito próxima uma da outra. As vezes um resultado, uma vitória joga pra cima e um resultado negativo joga para baixo. Agora é momento de pé no chão, tranquilidade, não passar do ponto, tem tempo para isso. Nós estamos começando um trabalho, mas nós temos que estar pontuando. Se a Anapolina continuar pontuando, nós vamos conseguir sair dessa situação e daqui a pouco pensando em uma coisa mais alta”, explicou o treinador o atual momento que vive a Anapolina dentro do campeonato.

Comentários

comentários

PUBLICIDADE