5.6 C
New York
segunda-feira, outubro 25, 2021
Início Futebol Futebol Goiano Na memória: Anapolina massacrou o Grêmio pela Série B em 2005

Na memória: Anapolina massacrou o Grêmio pela Série B em 2005

A goleada sobre o Grêmio em 2005, pela segunda divisão do Campeonato Brasileiro, talvez seja uma das maiores vitórias lembradas pela torcida da rubra em toda a sua história. Na sua sexta participação seguida na segunda maior competição do Brasil, a Série B, a Anapolina humilhou o futuro campeão daquela temporada por uma goleada fácil de 4 a 0, jogando no estádio Jonas Duarte.

Um dos grandes destaques da Xata naquele ano era o atacante Adriano Magrão, que veio a terminar como o artilheiro do time na série B com 7 gols, o time era treinado por Ardebal Lana naquela época. O time adversário, por sua vez era comandado por Mano Menezes  e não vinha tendo uma boa participação dentro da competição, não conseguindo emplacar uma sequência de vitórias nas dez primeira rodadas.

O grande destaque do time gaúcho naquele tempo era Pedro Júnior e futuramente viria a ser o volante Anderson, que mais tarde se transferiu para o Manchester United sendo campeão do mundo e da Champions League, além de conquistar quatro campeonatos ingleses.

- Anúncio -

O JOGO

Anapolina apoiada por sua torcida que lotou o Jonas Duarte, dominou a partida por completo, não dando chances praticamente para o time adversário. Foi amplamente superior e conquistou a vitória sem susto.

Mesmo com a pressão o gol do time goiano veio somente na reta final do primeiro tempo. Aos 39 minutos após lançamento de Jonathan, Éslei dominou sem marcação na grande e bateu cruzado, abrindo o placar.

Após o gol sofrido, o time do Grêmio tentou empatar nos minutos finais, porém aproveitando do desespero dos gaúchos, a Xata em um contra-ataque acabou marcando o segundo, com o próprio Éslei que aproveitou erro da defesa tricolor com Pereira. Final do primeiro tempo: Anapolina 2 a 0.

ETAPA FINAL

Na volta para a segunda etapa, o técnico Mano Menezes realizou as três alterações no vestiário, para buscar o empate. No entanto, o mesmo cenário se repetiu na etapa final, com a Anapolina em uma noite inspirada, controlando as ações do jogo. Aos 27 minutos, a Xata teve um jogador expulso, o que aumentou as esperanças dos gremistas em reverter a situação, porém nada mudou.

E assim como no primeiro tempo, a rubra marcou seus dois últimos gols na reta final. Aos 44 minutos, num contra-ataque mortal em uma tabela feita por Jonathan, Wilsinho e por último Robson. O lateral cruzou para a grande área, o goleiro Galatto afastou mal e Wilsinho pegou o rebote ampliando o placar.

Com o time abatido, a Xata ainda aproveitou o último minuto para fechar o chocolate para cima do Grêmio. Aos 48 minutos, Wilsinho em uma jogada individual, passou livre pela zaga do adversário e cara a cara com Galatto, chutou colocado no lado direito, fechando o caixão do tricolor gaúcho.

CAMPANHA

Mesmo com essa atuação de gala contra o futuro campeão da competição, a Anapolina acabou sendo rebaixada naquele ano para a terceira divisão do nacional. O time goiano terminou na décima nona colocação, em um campeonato com 22 times. A Xata fez 25 pontos, com sete vitórias, quatro empates e dez derrotas. A equipe goiana marcou 25 gols e sofreu 31.

Os 11 iniciais da Xata – Foto: Reprodução Internet

Ficha Técnica
Anapolina 4×0 Grêmio – 9ª rodada da Série B 2005 – Primeira fase
Data: 18/06/2005
Horário: 18h10
Estádio: Jonas Duarte, Anápolis (GO)
Árbitro: Marcos Antônio Barros Café (DF)
Assistentes: Nílson Alves Carrijo (DF) e Fábio Araújo (DF).
Amarelos: Juninho e Donizete (ANA); Pereira, Marcel, Raone e Osmar (GRE)
Cartão vermelho
: Juninho (ANA)
Gols: Éslei aos 39 min/1T e 47 min/1T;  Wilsinho aos 44 min/2T e 48 min/2T – (ANA)

Anapolina: Luís Almeida; Jonathan, Cleiton, Aldemir e Robson; Juninho e Donizete (Ricardo Araújo), Cacá e Anderson;  Adriano Magrão (Edér Silva) e Éslei (Wilsinho)
Tecnico: Aderbal Lana.
Grêmio/RS: Galatto; Patrício, Pereira, Marcelo Oliveira e Raone (Ênio); Nunes, Douglas Silva (Fábio Bala); Bruno e Marco Aurélio; Osmar e Pedro Júnior (Marcel).
Técnico: Mano Menezes.
Willian Rommel
Jornalista formado na UFG. Pós graduado em jornalismo esportivo pela faculdade Estácio. Trabalhou na Rádio Universitária 870 AM, na Rádio Difusora 640 AM, Bandeirantes Goiânia, Diário de Goiás e na TV UFG. Atualmente é Repórter do site Esporte Goiano.
Anúncio

Últimas

Goiás é derrotado pelo Natal na estreia da Superliga masculina

A história dos goianos na elite do vôlei nacional começou com derrota. Na estreia na temporada 2021-2022, o Goiás não foi páreo...

De virada, Vila Nova vence o Brusque e chega a marca de nove jogos de invencibilidade

O Vila Nova venceu o Brusque neste domingo (24), por 3x2, de virada, em partida válida pela 32° rodada da Série B....

Melhores momentos e entrevistas: Aparecidense 4 x 2 ABC – Semifinal da Série D 2021

Aparecidense e ABC se enfrentaram no jogo de ida da semifinal da Série D do Campeonato Brasileiro. Em casa, no Aníbal Batista...

Vindo de vitória, Atlético-GO tenta manter o embalo contra o penúltimo colocado Grêmio

Atlético Goianiense e Grêmio duelam nesta segunda-feira (25), pela 27° rodada da Série A, em partida disputada no estádio Antônio Accioly, em...

Veja como foi: Brusque 2×3 Vila Nova – 32° rodada da Série B

Brusque e Vila Nova duelam neste domingo (24), às 20h30, no estádio Augusto Bauer, pela 32° rodada da Série B. O Tigrão...
Anúncio