5.6 C
New York
quinta-feira, julho 25, 2024
InícioQuadraBasquete"Otimista" com futuro da Seleção, Petrović fala de favoritismo contra Chile e...

“Otimista” com futuro da Seleção, Petrović fala de favoritismo contra Chile e Colômbia: “sem menosprezo”

Reconstrução. Essa é a missão de Aleksandar Petrović na Seleção Brasileira de Basquete masculino. O croata de 59 anos assumiu a equipe em outubro de 2017, substituindo o César Guidetti. O brasileiro dirigiu a equipe por um ano, após a decepcionante campanha nas Olimpíadas-2016, sob o comando do argentino Rubén Magnano.

Petrović e seus comandados estão em Goiânia, que receberá os próximos dois jogos das Eliminatórias. Em entrevista coletiva, nesta segunda, falou sobre os desafios contra Colômbia e Chile, ressaltando que, apesar do favoritismo grande brasileiro, não faltará respeito aos adversários.

“Já jogamos contra o Chile, que venceu a Colômbia fora de casa. No entanto, não significa que são partidas ganhas. Nós vamos nos concentrar no nosso trabalho, sem menosprezar ninguém. Vamos jogar cem por cento em ambos os jogos”.

- Anúncio -

Confira a lista completa dos convocados!

Em uma das suas primeiras entrevistas após assumir o Brasil, o croata ressaltou que uma mudança de postura era necessária, com menos arremessos de três. Apesar de lamentar o pouco tempo para treinamentos, mostra confiança e vê evolução em inserir um estilo mais paciente na hora de definir as jogadas.

“Penso que mudanças vão acontecer, mas temos pouco tempo para treinar. Os jogadores estão se habituando a atuar de uma maneira um pouco diferente do que era antes. Tão importante quanto ganhar as partidas é ir bem nas atividades e mostrar evolução. São atletas de muita qualidade, desde os jovens até os experientes. São jogadores que correm muito rápido, o que é importante. Estou muito otimista com o futuro da Seleção”.

Critérios, ausência de Marquinhos e volta de Leandrinho

O retorno de Leandrinho foi um dos principais destaques da lista. O treinador comemorou a disponibilidade do atleta, que jogou por anos na NBA e está no Franca, enaltecendo sua qualidade.

“Sua forma de jogar vai casar muito bem com a maneira que estamos pensando. Os dois (Leandrinho e Varejão), são os melhores defensores desse time. Eu como treinador quero começar desde a defesa. Quero que minha equipe comece pela defesa, não pelo ataque. No ataque, o Brasil tem qualidade de sobra, em todas as posições’’.

Foto: Vitor Monteiro/Esporte Goiano
Sobre os convocados, Petrović lamentou as lesões de Rapha Luz e Alex Garcia e justificou a ausência do ala Marquinhos. “Tivemos os problemas com Alex e Raphael (Luz). Com isso, chamamos o Ricardo (Fischer) e Jhonatan. Ainda não estamos contando com os atletas da NBA nessas primeiras janelas. Minhas primeiras palavras, há quatro meses, foram que a Seleção está acima de qualquer coisa, de qualquer time ou pessoa. Marquinhos é o melhor jogador (atuando no Brasil) hoje, mas ele não se apresentou quando o convoquei na primeira janela. Para mim, é um sinal importante, por isso, não foi chamado”.

Veja detalhes da venda de ingressos!

O Brasil venceu Venezuela (72 x 60) e Chile (86 x 73) nas primeiras rodadas. Enfrenta agora Colômbia, às 19h de quinta, e Chile, às 20h de domingo. Ambos os jogos serão no Goiânia Arena. Os treinamentos também serão realizados no local, em dois períodos: matutino (10h) e noturno (18h).

Vitor Monteirohttps://esportegoiano.com.br/
Jornalista formado pela UFG (Universidade Federal de Goiás). Co-fundador do site Esporte Goiano, comentarista da TV Brasil Central e da Rádio Positiva FM. Trabalhou também na Rádio Universitária 870 AM, TV UFG, Rádio 730/Portal 730, Rádio Sagres, TV Sagres, jornal O Popular, MyCujoo, Eleven Sports e Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel) de Goiás.
Anúncio

Últimas

Anúncio
error: Este conteúdo é protegido por direitos autorais!
P