5.6 C
New York
domingo, junho 16, 2024
InícioFutebolFutebol GoianoAnápolis confirma interesse em Marcão e quer 'nomes de peso' no elenco...

Anápolis confirma interesse em Marcão e quer ‘nomes de peso’ no elenco de 2024

O Anápolis está ativo no mercado no processo de montagem do elenco que vai defender a camisa tricolor na temporada de 2024. Um dos nomes com o qual o clube negocia é do atacante Marcão, ex-Atlético-GO.


A informação foi confirmada pelo presidente do Galo da Comarca, Marlon Caiado, em entrevista ao EG nesta terça-feira (14). “Estamos trabalhando com o nome do Marcão. É um grande nome e somaria muito ao Anápolis”, revelou.

Mais do futebol goiano
Aparecidense diz que SAF ainda é especulação

- Anúncio -

O acordo com o jogador de 38 anos está muito próximo, já em fase final. O atleta ganhou notoriedade durante a passagem pelo Dragão, entre 2008 e 2012, com 58 gols marcados. Depois, jogou por Athletico-PR, América-MG, Bahia, Figueirense, Goiás, Botafogo-SP, Paysandu, CRB, Criciúma, Guarani, Remo e outros. Por último, atuou no Caxias, com três gols em 32 partidas e o acesso para a Série C.

Outro atleta de renome que pode pintar no CT Valterci de Melo é do volante Rithely, revelado pelo Goiás e com passagens por Sport, Internacional, Atlético-GO e Paysandu. No caso do meio-campista, o contrato seria de produtividade. Há ainda um terceiro atleta conhecido no cenário nacional em negociação, mas o nome é mantido sob sigilo.

O fato é que, com um calendário cheio – com Goianão, Série D e Copa do Brasil – o Anápolis sabe que tem maior tração no mercado e quer ir mais longe na temporada de 2024.

“A gente tem a expectativa de, a cada ano, fazer um time melhor. Agora não é diferente. Temos um facilitador para contratar, pois temos a Série D e a Copa do Brasil. Isso motiva o jogador. A expectativa é grande. Estamos trabalhando com nomes bem pesados no futebol, no cenário nacional. Vamos ver se conseguimos fazer um bom papel no Campeonato Goiano”, disse Caiado.

O dirigente também destacou que espera manter uma base de atletas que já vem atuando sob as ordens de Luiz Carlos Winck nos últimos anos, mas entende que muitos deles saíram valorizados e podem não retornar.

“A gente tenta manter o maior número possível de jogadores do último campeonato. Mas sabemos das dificuldades, pois os eles foram bem e despertam interesse de outros clubes. A gente está montando uma equipe forte. Alguns atletas vamos reaproveitar, mas a maioria virá de fora”, frisou.

Acompanhe o EG também nas redes sociais: FacebookTwitterInstagram e Youtube.
Rafael Tomazeti
Jornalista formado pela Universidade Federal de Goiás. Fã de esportes e apaixonado pelo estado de Goiás. Trabalhou na Rádio Universitária 870 AM, TV UFG, Rádio 730/Portal 730, Jornal Diário do Estado, Diário de Goiás e Rádio BandNews.
Anúncio

Últimas

Anúncio
error: Este conteúdo é protegido por direitos autorais!
P