5.6 C
New York
quarta-feira, fevereiro 21, 2024
InícioFutebolFutebol GoianoPresidente da Aparecidense lamenta portões fechados contra o Ceilândia

Presidente da Aparecidense lamenta portões fechados contra o Ceilândia

A Aparecidense jogará sua primeira partida em casa na Série D 2018 com os portões fechados. A decisão partiu do STJD que, primeiramente, havia decretado perda do mando de campo do clube goiano após um torcedor ter atirado um objeto no quarto-árbitro, em confronto diante do América-RN, em 2017. O jogo foi o último do Camaleão no Aníbal Toledo pelo torneio.

Camaleão estreia na D com empate!

Conforme o despacho, o time azul teria que jogar em uma distância mínima de 200km de Aparecida de Goiânia. Contudo, a diretoria obteve êxito em um recurso interposto e conseguiu trazer o embate de volta ao Aníbal Toledo. Contudo, a condição estabelecida é de que os portões fossem fechados ao público.

- Anúncio -

A decisão será aplicada no jogo contra o Ceilândia, nesta sexta (27), válido pela Série D de 2018. O presidente do Camaleão, Wilson Queiroz, lamentou a ausência da torcida do clube na primeira partida no Aníbal após a final do Goianão 2018.

“Infelizmente não vamos poder contar com os torcedores da Aparecidense que nos seguiram, principalmente no campeonato Goiano, por um ato irresponsável de um único torcedor”, disse Wilson.
Na atual temporada, a Aparecidense atuou em 10 ocasiões em sua casa. Foram quatro vitórias, cinco empates e apenas uma derrota para o Camaleão. O histórico representa 57% de aproveitamento. Além disso, foram 15 gols anotados pelo clube goiano contra cinco sofridos.

 

Samih Zakzak
Estudante de jornalismo na Universidade Federal de Goiás (UFG). Gosta de esportes pra (censurado).
Anúncio

Últimas

Anúncio
error: Este conteúdo é protegido por direitos autorais!
P