Com 2º pior ataque, Vila intensifica treinos de finalização; Baptista deve manter time titular

Foto: Douglas Monteiro/Vila Nova FC
Anúncios

A tônica nos treinamentos do Vila Nova tem sido os trabalhos de finalização. Com apenas quatro gols marcados e o segundo pior ataque da Série B, ao lado de Guarani, Brasil-RS, Figueirense, Operário-PR e Oeste, Eduardo Baptista tem enfatizado o fundamento já há algumas semanas. Nesta quarta e também na terça-feira, os jogadores trabalharam incessantemente os arremates.

Além da marca ruim, os atacantes vilanovenses ainda não marcaram gols na Segundona. De acordo com Gustavo Mosquito, que concedeu entrevista na manhã desta quarta, a cobrança é forte para que o ataque seja prolífico.

– A cobrança tem que vir mesmo, tanto da diretoria, da comissão técnica, quanto da torcida. Estamos trabalhando, treinando. É um momento delicado e complicado. Não estamos fazendo gols, mas não é falta de trabalho e empenho. Tenho certeza que vai sair logo esse gol. Quando sair o primeiro, vamos desencantar e os outros vão sair também.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Para Alan Mineiro, experientes devem passar tranquilidade para jovens do elenco

Provável XI inicial

Durante os treinamentos, o comandante sinalizou que manterá o XI inicial dos jogos contra CRB e Londrina. No entanto, indicou possíveis mudanças de posicionamento. No ataque, Alan Mineiro deixou a função de falso 9, e Richard passou a atuar centralizado.

Na atividade desta quarta, o volante Neto Moura levou a pior em uma dividida com Denner e machucou o nariz. O jogador deixou o CT colorado para receber atendimento médico. Na ausência dele, Erick foi testado como titular. Destarte, Alan Mineiro voltou ao meio-campo, Gustavo Mosquito saiu da ponta direita e voltou para a esquerda, e Erick ficou como ponteiro pela direita; Richard permaneceu como centroavante. Apesar de mais confortável em atuar pela esquerda, Mosquito reiterou que o importante é estar entre os titulares.

– É indiferente. Quero estar entre os 11, jogando. Claro que sempre jogava pelo lado esquerdo, mas ele optou pelo lado direito. Sem problemas para mim. Estou me adaptando e me aprimorando ali, treinando forte para melhorar. Se ele quiser me colocar por dentro também, não tem problema. Farei meu melhor para ajudar o Vila – disse.

Caso Neto Moura não seja problema, o provável Vila Nova para encarar o Criciúma tem: Rafael Santos; Jeferson, Wesley Matos, Jussani e Gastón Filgueira; Joseph, Ramon e Neto Moura; Gustavo Mosquito, Richard e Alan Mineiro.

Comentários

comentários

PUBLICIDADE