Vila segura empate fora contra o Juventude e decisão fica para a volta

(Foto: Arthur Dallegrave/Juventude)
Anúncios

Juventude e Vila até buscaram o gol no Alfredo Jaconi, mas não conseguiram sair do 0 a 0. A partida foi válida pela ida da 4ª fase da Copa do Brasil 2018. A vaga na próxima etapa da competição será definida na volta, em Goiânia, no próximo dia 7.

Veja como foi a partida!

Para o Serra Dourada, o Vila irá precisar da vitória para avançar às oitavas da Copa do Brasil. Um novo empate, leva a decisão para os pênaltis. Uma derrota para o Juventude, serve para os gaúchos avançarem.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Times criam, mas não inauguram o placar

Mesmo jogando fora de casa, o Vila se portou melhor na primeira metade em comparação ao Juventude. Os goianos começaram acelerando a partida, com Capixaba e Alan Mineiro fazendo bom jogo. A equipe gaúcha conseguia responder, principalmente com Dalberto e a promessa Denner.

Os mandantes tiveram a primeira chance real de gol, aos 27 minutos, quando Dalberto venceu dividida pelo alto e esticou em contra-ataque. O atacante serviu Paulo Sérgio, dentro da área, que acabou batendo mal e desperdiçando a chance frente a Rafael Santos.

O Tigre conseguiu responder cinco minutos depois. Após Capixaba aplicar chapéu no defensor, a bola acabou sobrando com Alan Mineiro, que bateu firme e mandou por cima do gol, raspando o travessão. Os visitantes ainda tiveram outra chance já na reta final, em um momento de brilhantismo do camisa 10 colorado, que encontrou Boné infiltrando na área. O uruguaio acabou batendo de primeira e mandou no corpo de Marcelo Carné.

Roteiro diferente, mas mesmo resultado

O Tigre, diferente da primeira etapa, voltou mais reativo para o último tempo. Com o Vila se acuando, o Juventude tentava pressionar no campo de ataque, mas tinha problemas em levar perigo ao gol de Rafael Santos. Aos 23, os times realizaram mudanças: no Tigre, saiu Alan Mineiro, sem estar 100%, para a entrada de Bruno Mota. Já no Juventude, Braian Rodríguez ingressou na partida.

As alterações mexeram na partida, com o Vila sofrendo ainda mais para buscar o ataque e os mandantes explorando a referência que ganharam no comando ofensivo. Cinco minutos passados, o uruguaio recebeu na área e dividiu com Rafael Santos. A sobra acabou chegando em João Paulo, que bateu colocado e viu o arremate raspar a trave. Antes do fim da partida, a torcida do Juventude acabou reclamando de queda de Breno dentro da área  após divida, mas o árbitro nada marcou. O empate foi decretado ao fim dos dois tempos.

Ficha Técnica
Juventude 0 x 0 Vila Nova – ida da 4ª fase da Copa do Brasil
Data: 24 de abril de 2019
Horário: 21h30
Local: Estádio Alfredo Jaconi; Caxias do Sul, RS

Árbitro: Thiago Duarte Peixoto (SP)
Assistentes: Herman Brumel Vani (SP) e Gustavo Rodrigues de Oliveira (SP)
Amarelos: Hélder e Ramon (VIL)

Juventude: Marcelo Carné; Vidal, Sidimar, GenÍlson e Eltinho; Moisés (Rafael Bastos), João Paulo, Lennon (Breno) e Denner; Dalberto e Paulo Sérgio (Braian Rodríguez).
Técnico: Marquinhos Santos.

Vila Nova: Rafael Santos; Felipe Rodrigues, Patrick, Philipe Maia e Hélder; Neto Moura, Ramon (Denner), Joseph e Alan Mineiro (Bruno Mota); Boné e Capixaba (Juninho).
Técnico: Eduardo Baptista.

Comentários

comentários

PUBLICIDADE