Em noite de Tito, Atlético vence Criciúma de virada na Série B

Foto: Samih Zakzak/Esporte Goiano
Anúncios

O Atlético começou a Série B de 2018 com o pé direito. A equipe comandada por Cláudio Tencati conseguiu a virada e derrotou o Criciúma por 3 a 2, no Estádio Olímpico. Tito foi o responsável por anotar dois gols pelo lado atleticano. Tomas Bastos marcou o outro. Pelo lado do Carvoeiro, João Paulo e Sueliton deixaram os seus.

Veja como foi a partida!

O resultado positivo serviu para o Dragão encerrar a fase ruim que viveu no Goianão. Eram três derrotas consecutivas antes da estreia na Série B 2018. Pelo lado catarinense, o revés impediu a 5ª vitória em sequência da equipe comandada por Argel Fucks.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Com três pontos anotados, o Atlético vai compartilhar a liderança com muitos times nesse início de competição. O próximo confronto rubro-negro é na terça-feira (17), às 21h30, contra o Coritiba, no Couto Pereira. Por sua vez, o Criciúma encara a Ponte Preta, no próximo sábado, no Heriberto Hulse.

Criciúma marca, mas Atlético busca empate

A primeira etapa começou morna no Estádio Olímpico, com o Criciúma dominando a posse de bola nos minutos iniciais. A torcida atleticana começou a protestar contra a arbitragem logo cedo, incomodada com algumas faltas. Em uma delas, aos 19, João Paulo arriscou de longe e conseguiu vencer Kléver, abrindo o marcador para os catarinenses.

Irritado com a atuação rubro-negra, o torcedor ameaçou vaiar, mas o apoio veio conforme o Dragão chegava com perigo ao gol defendido por Luiz. Aos 32, Tomas Bastos arriscou de falta, contou com desvio na barreira e acertou o travessão adversário.

O humor da torcida presente mudou, quando aos 42, Júlio César roubou bola no ataque, venceu seu marcador na corrida e chegou na linha de fundo pelo lado direito. O camisa 11 cruzou rasteiro para a área, encontrando Tomas Bastos, que finalizou e forçou boa intervenção de Luiz. No rebote, Tito não desperdiçou e empurrou para o fundo das redes, empatando o jogo.

Virada do Dragão

O Atlético voltou com tudo para a segunda etapa. Aos 5, Andrew se enrolou ao afastar uma bola e acabou deixando nos pés de Tito. O camisa 9 rubro-negro não pestanejou frente ao goleiro Luiz e anotou outro gol, virando o placar para os donos da casa.

A pressão atleticana persistiu após o gol. A equipe de Tencati tentava liquidar a fatura. Após muita insistência, o gol veio. Tomas Bastos, aos 38, aproveitou uma sobra da defesa, ajeitou e mandou um petardo indefensável para a meta adversária. Luiz até tentou segurar, mas não pôde evitar o terceiro.

Na desvantagem, o Criciúma se lançou ao ataque. Inúmeros cruzamentos foram realizados para a área atleticana. Kléver se complicou em alguns, mas a zaga complementava suas falhas. No entanto, aos 48, foi a defesa rubro-negra que vacilou. Em escanteio cobrado pela esquerda, o goleiro do Dragão conseguiu salvar duas vezes, mas na terceira não foi possível. Sueliton apenas aproveitou a sobra e escorou para o fundo das redes. Sem tempo para mais nada, o árbitro encerrou o confronto.

Ficha técnica:
Atlético 3 x 2 Criciúma
1ª rodada da Série B 2018
Data: 13 de abril de 2018
Horário: 20h30
Local: Estádio Olímpico, em Goiânia
Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)
Assistentes: Leirson Peng Martins (RS) e Lúcio Beiersdorf Flor (RS)
Amarelos: Cristhyan e Fernandes (ACG); Maílson e Sueliton(CRI)
Gols: João Paulo (CRI) aos 19′ 1T (0-1); Tito (ACG) aos 41′ 1T (1-1) e aos 5′ 2T (2-1); Tomas Bastos (ACG) aos 38′ 2T (3-1) e Sueliton (CRI) aos 48′ 2T (3-2)
Atlético: Kléver; Alisson, William Alves, René Santos e Bruno Santos; Rômulo, Fernandes e Tomas Bastos; Júlio César (Lucas Rocha), Cristhyan (Júnior Brandão) e Tito (Joanderson).
Técnico: Cláudio Tencati
Criciúma: Luiz; Sueliton, Sandro, Nino e Andrew; Jean Mangabeira (Alex Maranhão), Douglas Moreira e Elvis; João Paulo, Maílson (Nicolas) e Zé Carlos (Kalil).
Técnico: Argel Fucks

Comentários

comentários

PUBLICIDADE