Pentacampeão supera problemas para vencer principal categoria do Goiás Superbike

Moto do goiano Edson Morales superaquece e perde força, mas não impede o piloto de ficar no alto do pódio da SBK Pró

Edson Morales lidera a prova na curva.(Foto:
Anúncios

A temporada de 2017 do Goiás Superbike começou empolgante. Os fãs de motociclismo lotaram as arquibancadas do Autódromo de Goiânia, mais de 130 pilotos competiram e deram um show nas pistas. Com disputas acirradas por cada posição, emoção foi o que não faltou, inclusive para o pentacampeão Edson Morales.

Na principal categoria, a SBK Pró, Morales largou na pole e conseguiu vencer a prova, mesmo com problemas. A duas voltas para o fim da corrida, a moto do pentacampeão apresentou falhas. “A mangueira do radiador soltou, por causa de um superaquecimento, e o motor acabou perdendo força”, relatou o goiano.

Na reta final, Edson Morales não tirou o olho dos adversários. Ele completou a prova olhando para trás, esperando manter distância dos outros pilotos. Deu certo e ele começou bem na briga por mais um título na vitoriosa carreira.

Mais notícias do motociclismo goiano
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O pentacampeão atribuiu a vitória à sua mania de aplicar o melhor ritmo nas voltas iniciais. “Gosto de usar essa estratégia justamente para ter certa vantagem caso aconteça algum imprevisto, como hoje”, comentou o vencedor. O segundo colocado foi o brasiliense Ian Lucas, seguido por Juninho Trudes. Campeão da SBK Pró em 2016, Henrique Castro teve problemas na moto e sequer participou da corrida.

Rafael Rosa venceu primeira prova da 300cc Sport.(Geovanna Cristina/Divulgação)

A recém-criada 300cc Sport teve como vencedor Rafael Rosa. Prata-da-casa, o piloto é mecânico da própria moto e começou a competir há 10 anos. Entre outros títulos, foi bicampeão da 300cc Ninja e campeão da 300cc Especial. Apesar da vitória e da experiência comprovada, o goiano sentiu que a temporada promete ser a mais difícil que já participou. “Vencer hoje não foi fácil. Tem muitos pilotos experientes na disputa. Vai dar trabalho manter a ponta esse ano”, disse ao observar as qualidades dos adversários.

Em algumas categorias, pilotos que venceram a temporada 2016 mantiveram o ritmo e conquistaram a primeira etapa deste ano. Foi o caso de Ricardo Juliani (600cc), Josué Ferreira (300cc Master) e Matheus Barbosa (150cc). Este domingo também teve nomes novos assumindo o topo do pódio: Vigmar Cardoso (SBK Light), Salvador Amaral (Naked Estreante) e Bruno Barros (Naked Pró).

O presidente da Federação de Motociclismo do Estado de Goiás (FMG), Roberto Boettcher, destacou o alto nível das provas e o profissionalismo dos pilotos. “A presença massiva da torcida comprova tudo isso. Hoje lotamos a arquibancada. Os boxes também ficaram movimentados. Para todo lado que olhava, tinha gente. Na grama e até nas grades do estacionamento. Foi um sucesso”, comemorou.

Arquibancadas do Autódromo lotaram.(Geovanna Cristina/Divulgação)

A 2ª etapa do Goiás Superbike será realizada entre os dias 6 e 7 de maio, também no Autódromo de Goiânia. A temporada tem seis etapas previstas. A última está marcada para o dia 10 de dezembro.

Confira os primeiros colocados de cada categoria

SBK Pró
1º – Edson Morales
2º – Ian Lucas Vieira
3º – Juninho Trudes

SBK Light
1º – Vigmar Cardoso da Silva
2º – Maikon Rodrigues
3º – Luciano Lima

Naked Estreante
1º – Salvador Amaral
2º – Sandro Resende

Naked Pró
1º – Bruno Barros
2º – Julio Victor Santos

600cc
1º – Ricardo Juliani
2º – Michel Seixas
3º – Vicente Flores

300cc Sport
1º – Rafael Rosa
2º – Matheus Barbosa
3º – Bruno Cesar

300cc Master
1º – Josué Ferreira
2º – Waldinei Chaves
3º – Arthur Francisco

150cc
1º – Matheus Barbosa
2º – Wylkson Ribeiro
3º – Luis Phelipe Ribeiro

Comentários

comentários

PUBLICIDADE