Na memória: Há quase 23 anos, Vila Nova derrotava Botafogo-SP para conquistar título da Série C

Foto: Reprodução/TV Globo
Anúncios

O Vila Nova ainda não venceu na Série B e enfrenta neste sábado (18) o líder Botafogo-SP for,a de casa. Apesar da dificuldade evidente do confronto, o histórico dá motivos para o torcedor colorado se animar para o duelo no Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto.

Tigre e Pantera já decidiram, há quase 23 anos, o Campeonato Brasileiro da Série C. E os goianos levaram a melhor. Em 1996, o time colorado derrotou os paulistas nas duas partidas da final e ficou com o título da terceira divisão nacional daquele ano. O jogo do título foi disputado no Estádio Palma Travassos, no dia 8 de dezembro.

Na primeira fase, colorados e tricolores fizeram a melhor campanha de seus respectivos grupos. Par ir à decisão, o Tigrão ainda passou por Gurupi (TO), Fluminense de Feira (BA), Nacional (AM) e Porto de Caruaru (PE). Por sua vez, o Botafogo eliminou Uberlândia (MG), Atlético Sorocaba (SP), Rio Branco (SP) e Figueirense.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Veja mais do Tigrão

A ida foi realizada em Goiânia, no dia 30 de novembro, com mais de 60 mil pessoas no Serra Dourada. O Vila, comandado por Roberval Davino, ex-técnico do Pantera, fez 2 a 1, com gols de Ryuler e Sabino. Gustavo fez o gol dos visitantes e deixou tudo em aberto para Ribeirão Preto.

Na volta, os tricolores foram empurrados por mais de 10 mil torcedores que encheram o estádio do rival, já que o Santa Cruz estava em reforma. O Pantera pressionou, mas o Vila Nova se segurou bem. O Tigre também sabia incomodar nos contra-ataques, principalmente com Roni. No fim, já aos 47 do segundo tempo, com o Botafogo-SP no tudo ou nada, o meia Sabino conseguiu anotar e garantir o título da Série C para o clube colorado.

Ficha Técnica
Botafogo-SP 0 x 1 Vila Nova – volta da final do Brasileiro Série C
Data: 8 de dezembro de 1996
Local: Estádio Palma Travassos; Ribeirão Preto (SP)

Árbitro: Sidrack Marinho (CE)
Assistentes: Wagner Tardelli (RJ) e Paulo Jorge Alves (RJ)

Público: 10.168
Renda: R$ 53.265,00

Amarelos: Rubens, Nozé, Adilson Balinha e Alex (BOT); Ryuler, Valdeni e Paulo César Jabuticaba (VNO)
Gol: Sabino, aos 47’2T (VNO)

Botafogo-SP: Ricardo Gomes; Júlio César, Rogério, Givago e Rubens (Daniel); Gustavo, Douglas e Picchete (Nozé); Claudinho, Lucas e Adilson Balinha (Alex).
Técnico: Zé Mário Crispim.

Vila Nova: Humberto; Moisés, Ryuler, Wladimir e Luciano Mineiro; Mona, Tim e Sabino; Gilberto (Paulo César Jabuticaba), Whélliton (Júlio César) e Roni (Valdeni).
Técnico: Roberval Davino.

Comentários

comentários

PUBLICIDADE