Hemerson Maria crê em vitória do Vila em um dos “jogos mais esperados da Série B”

Treinador diz que não subestima nem superestima nenhum adversário, e vê colorado goiano com condições de bater gaúchos

Foto: Douglas Monteiro/Comunicação Vila Nova F.C.
Anúncios

O jogo contra o Internacional vale três pontos, assim como todos os outros da Série B. O duelo deste sábado, 22, porém, terá um sabor diferente para o Vila Nova. O Tigre enfrentará um dos clubes que está no rol de gigantes do futebol nacional em um confronto direto pelo G-4.

Até pela importância da partida, o treinador Hemerson Maria resolveu fazer mistério e fechar o treino da manhã desta sexta-feira, 21. “Tenho opções que podem fazer com que eu mantenha a plataforma tática da equipe ou trazem variações. É isso que verei no treinamento”, explicou o comandante.

Mais do Tigrão

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Quem está confirmado no time é o volante Geovane, que retorna de suspensão automática. “Posso garantir que o Geovane retorna. Temos seis ou sete pilares dentro da equipe, que não ficam de fora somente por questões de lesão ou suspensão. São jogadores que vêm mantendo uma regularidade”, elogiou Maria.

O comandante colorado também demonstrou confiança em um triunfo diante dos gaúchos. “É o jogo mais esperado pelas equipes da Série B. Mas temos por hábito não subestimar nem superestimar o adversário. Vamos dar o devido respeito ao Inter, mas sabemos que temos potencial para sair com os três pontos”, afirmou.

Má fase

O Vila chega ao duelo contra o Inter com duas derrotas consecutivas que o tiraram do G-4. Nos jogos contra Paysandu e Santa Cruz, porém, Hemerson Maria diz que não houve queda de rendimento, com exceção de um tempo.

– Eu me preocupo quando há queda de rendimento e ela existiu no segundo tempo do jogo do Paysandu. Mantivemos a regularidade de atuação em três dos quatro tempos nos últimos jogos. Tivemos um segundo tempo muito ruim contra o Paysandu. Isso foi motivo de conversa com os jogadores e acredito que isso não vai mais se repetir – argumentou.

Comentários

comentários

PUBLICIDADE