5.6 C
New York
quinta-feira, abril 15, 2021
Início Futebol Atlético As goleadas impiedosas dos times goianos na história do Campeonato Brasileiro

As goleadas impiedosas dos times goianos na história do Campeonato Brasileiro

O Campeonato Brasileiro aos longos dos anos sempre sofreu com mudanças dentro e fora de campo, seja no nome, forma de disputa, localidades, datas entre outras coisas. No entanto algo que sempre marcou presença nas edições foram as grandes goleadas em algumas partidas que ficaram na história.

Decidimos então levantar as maiores goleadas aplicadas pelos times goianos nessa competição nacional incluindo todas as séries, desde a quarta divisão até a primeira. O critério de escolha foram de partidas que tiveram a diferença mínima de 5 gols, sendo assim, o resultado se tornou mais palpável de pesquisa e demonstração.

Partidas como por exemplo: Flamengo 1×4 Atlético-GO na série A de 2011, Corinthians 1×4 Goiás, Internacional 1×4 Goiás, na série A de 2009 e de 2006 respectivamente, além de Vila Nova 4×1 Londrina na série C de 2015, Anapolina 4×0 Grêmio na série B de 2005, entre outras goleadas, não entraram na escolha, mas sempre serão inesquecíveis aos torcedores goianos.

Mais do futebol goiano:
Gosta de coleção? Veja os times goianos em álbuns de figurinhas
Confira uma entrevista exclusiva com o filósofo da bola: Dadá Maravilha
Confira uma entrevista exclusiva com o ex-goleiro colorado: Wagner Bueno
Confira uma entrevista exclusiva com Márcio: o goleiro artilheiro do Cerrado e do Atlético
Confira uma entrevista exclusiva com Finazzi: ex-jogador e atual técnico do Goiânia

Com base nesses critérios, e na pesquisa no site da CBF e no Portal Campeões do Futebol, a lista tem os seguintes representantes do futebol goiano: Atlético, Anapolina, Goiás, Itumbiara e Vila Nova. Confira as goleadas:

O Dragão aplicou goleadas massacrantes nas três divisões nacionais. Séries A, B e C.

SÉRIE A
18/08/1968 = Atlético 5×0 Operário-MT (Estádio Olímpico)

SÉRIE B
11/06/2009 = Atlético 5×0 Paraná (Estádio Serra Dourada)

SÉRIE C
06/09/2007 = Atlético 7×1 Itumbiara (Estádio Antônio Accioly)
23/09/2007 = Atlético 5×0 Esportivo-RS (Estádio Serra Dourada)
13/10/2007= Atlético 6×0 Barras-PI (Estádio Serra Dourada)
19/10/2008 = Atlético 6×0 Confiança-SE (Estádio Serra Dourada)
01/11/2008 = Atlético 5×0 Rio Branco – AC (Estádio Serra Dourada)

A Rubra aplicou goleadas na Série C e na Série D do Brasileirão, sendo a equipe que goiana que mais venceu por 5 gols de diferença nessas divisões.

SÉRIE C
16/09/1998 = Anapolina 7×0 Alvorada-ES (Estádio Jonas Duarte)
01/11/1998 = Anapolina 5×0 Esporte Clube Limoeiro-CE (Estádio Jonas Duarte)
06/12/1998 = Anapolina 5×0 Itabaiana-SE (Estádio Jonas Duarte)
06/08/2006 = Anapolina 5×0 Luziânia (Estádio Jonas Duarte)

SÉRIE D
17/10/11 = Anapolina 6×1 Tocantinópolis-TO (Estádio Jonas Duarte)

O Verdão aplicou goleadas em duas divisões do brasileiro, na série A e na Série B. Sendo o time que mais goleou por mais de 5 gols na série A entre os goianos.

SÉRIE A

16/07/1978 = Goiás 5×0 Londrina (Estádio Serra Dourada)
13/11/1988 = Goiás 6×1 Vitória (Estádio Serra Dourada)
09/07/1997 = Goiás 6×0 Grêmio (Estádio Serra Dourada)
27/04/2003 = Goiás 7×0 Juventude (Estádio Serra Dourada)
12/10/2003 = Goiás 6×1 Fluminense (Estádio Serra Dourada)
22/10/2004 = Goiás 5×0 Ponte Preta (Estádio Serra Dourada)
21/09/2014 = Goiás 6×1 Palmeiras (Estádio Serra Dourada)

SÉRIE B
03/08/2012 = Ipatinga-MG 1×6 Goiás (Estádio Ipatingão-MG)
16/10/2012 = Goiás 5×0 Guarani (Estádio Serra Dourada)

Com apenas uma goleada avassaladora, por mais de 5 gols em competições nacionais, o Gigante da Fronteira marcou presença no nosso quadro na série C.

SÉRIE C
19/10/1998 = Itumbiara 7×2 Alvorada-TO (Estádio JK)


Bicampeão da Série C o Tigrão aplicou uma goleada humilhante apenas na terceira divisão, dentro desses critérios escolhidos por nós.

SÉRIE C
03/11/1993 = Vila Nova 7×2 Tocantinópolis-TO (Estádio Serra Dourada)

Qual foi dentre essas goleadas, a mais marcante torcedor?

Willian Rommel
Jornalista formado na UFG. Pós graduado em jornalismo esportivo pela faculdade Estácio. Trabalhou na Rádio Universitária 870 AM, na Rádio Difusora 640 AM, Bandeirantes Goiânia, Diário de Goiás e na TV UFG. Atualmente é Repórter do site Esporte Goiano.
Anúncio

Últimas

De olho em uma vaga na terceira fase da Copa do Brasil, Atlético-GO encara Joinville

Atlético-GO e Joinville duelam nesta quinta-feira (15), às 21h30, na Arena Joinville, em partida válida pela 2ª fase da Copa do Brasil....

Em jogo atrasado, Goiás e Aparecidense empatam na Serrinha

Goiás e Aparecidense se enfrentaram no fechamento da sétima rodada do Goianão. No duelo atrasado, na noite desta quarta-feira (14), na Serrinha,...

Veja como foi: Goiás 1 x 1 Aparecidense – 7ª rodada do Goianão 2021

Nesta quarta-feira (14), Goiás e Aparecidense medem forças na Serrinha, às 21h30, no encerramento da 7ª rodada do Campeonato Goiano. O Esmeraldino...

Desesperada, Jataiense recebe Anápolis, que mira classificação

Os objetivos de Jataiense e Anápolis são bem distintos no duelo desta quinta-feira (15). Ainda sem vencer, a Raposa joga em casa,...

Elias cita cansaço e espera Iporá ‘inteiro' em decisão contra o Jaraguá

O Iporá batalhou e segurou o empate com o Vila Nova nesta quarta-feira (14). Para Elias, o resultado foi justo e positivo...
Anúncio