Goiás vence o Inter em Porto Alegre e cola no G-8, zona da Libertadores

Reprodução: Premiere FC.
Anúncios

Em noite de Tadeu, Michael e cia., o Goiás teve vitória importantíssima em Porto Alegre na noite desta quarta-feira (27). Diante do Internacional, o Verdão venceu por 2 a 1. Os gols da partida foram marcados por Rafael Moura e Michael. O goleiro esmeraldino foi importante mais uma vez com defesas difíceis. Paolo Guerrero, de cabeça, descontou para o colorado.

Com este resultado, o Goiás fica a dois pontos do G-8, zona da Libertadores. Além disso, praticamente confirmou sua vaga na Copa Sul-Americana. Na próxima rodada, com expectativa de Serra Dourada lotado, o esmeraldino confronta o Fortaleza, em Goiânia. O jogo será às 16h de domingo (01º). Por sua vez, o Inter duela com o Botafogo, sábado (30), às 19h, no Nilton Santos, no Rio de Janeiro.

Mais do Verdão
-> Veja como foi o jogo
-> Tabela da Série A

Primeiro tempo de Inter x Goiás

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A etapa inicial da peleja contou com um Inter com mais volume de jogo, e 12 finalizações contra 4 do esmeraldino. Porém, o Internacional falhou em demasia nos cruzamentos, passes e, especialmente, nos chutes a gol. Também, parou em mais uma noite especial do goleiro Tadeu, do Goiás.

O esmeraldino optou por um jogo reativo, no contra-ataque. Desta forma, achou o seu gol que vai lhe dando a vitória. Rafael Moura aproveitou falha de Lomba e dividida com Michael para ficar com o rebote e mandar para o fundo do gol. No início da jogada, Rafael Vaz arriscou de longe, Marcelo Lomba tentou fazer a tabela, a bola escapou de sua mão e bateu no travessão. No restante, o Verdão segurou bem o colorado com a defesa bem postada.

Sobre bola na trave, Victor Cuesta parou nela em uma oportunidade. No início do confronto, acertou um sem pulo no poste de Tadeu após cruzamento de D’Alessandro em escanteio. Nos últimos instantes de bola rolando no 1º tempo, Tadeu fez incríveis cinco defesas seguidas, todas de nível médio ou difícil, para salvar o Goiás em cabeçadas e chutes. Com defesa bem postada e ataque efetivo, o esmeraldino terminou a etapa inicial com 1 a 0 no placar, no Beira-Rio. O Inter era nervoso e contou com vaias de sua torcida.

Segundo tempo

Já na etapa complementar, as coisas mudaram um pouco. O Goiás voltou com excelente postura, pois conseguiu não só se defender bem, como começou a se lançar mais ao ataque. O esmeraldino tentava aproveitar o cansaço do Internacional, que lutou muito no 1º tempo, mas não reagia diante do Verdão.

E funcionou. Tanto que foi o Goiás quem chegou a mais um gol, seu segundo. E foi um golaço de placa. Em contra-ataque, Léo Sena lançou Michael na esquerda. O atacante driblou primeiro Heitor e foi para cima de Uendel para deixar o lateral-esquerdo no chão. Na cara do gol, chutou na saída de Marcelo Lomba e ampliou.

Confira o golaço de Michael

O Inter até conseguiu reagir. Mas só em uma jogada mesmo. Aos 32, D’Alessandro cobrou escanteio da direita, no segundo pau, e Paolo Guerrero subiu mais alto que todos. O centroavante peruano cabeceou no canto esquerdo de Tadeu. Esta foi a única vez que o arqueiro foi furado durante todo o jogo. No restante, Barcia ainda fez um gol, mas estava impedido. Com muita garra e dedicação, o Goiás venceu por 2 a 1 no Beira-Rio.

Ficha técnica
Internacional 1×2 Goiás – 35ª rodada da Série A
Data: 27 de novembro de 2019
Horário: 19h
Local: Beira-Rio; Porto Alegre (RS)
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Auxiliares: Jean Márcio dos Santos (RN) e Fabiano da Silva Ramires (ES)
Cartões amarelos: D’Alessandro, Martín Sarrafiore (I); Alan Ruschel, Michael e Léo Sena (G)
Gols: Paolo Guerrero (32′ do 2º tempo) (I); Rafael Moura (13′ do 1º tempo) e Michael (27′ do 2º tempo) (G)
Internacional: Marcelo Lomba; Heitor (Pedro Lucas), Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Uendel; Bruno Silva (Nonato), Edenílson, Patrick (Martín Sarrafiore) e D’Alessandro; Nico López e Paolo Guerrero
Técnico: Zé Ricardo
Goiás: Tadeu; Yago Rocha, Rafael Vaz, Fábio Sanches e Alan Ruschel; Gilberto Júnior, Yago Felipe (Thalles) e Léo Sena; Michael (Dudu), Rafael Moura (Kaio) e Leandro Barcia
Técnico: Ney Franco

Comentários

comentários

PUBLICIDADE