Goiás aposta em elenco enxuto e alta concentração para 2018 mais feliz

Foto: Divulgação/Goiás EC
Anúncios

O Goiás iniciou a preparação para 2018 bem diferente dos últimos anos. O grupo que se apresentou nesta quarta-feira (27) é mais enxuto que de anos anteriores, e, apesar do tempo mais curto, a pré-temporada promete ser bastante puxada.

Os atletas ficarão confinados nas dependências esmeraldinas até a estreia no Goianão, no dia 17 de janeiro. A medida é um pedido da comissão técnica e avalizada pela direção.

– O calendário está ainda mais espremido, com uma pré-temporada curtíssima. Temos que aproveitá-la ao máximo. Para isso, nada melhor do que colocar os atletas em um local em que eles possam ter alimentação e descanso condizente para que o time inicie, se não em condições iguais às dos adversários, de forma competitiva – justifica Lustosa.

Mais do Verdão
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Até o momento, o Goiás tem 29 atletas no plantel, mas o número deve aumentar. O meia Rafinha aguarda a resolução de questões burocráticas para ser confirmado. Ademais, o gestor de futebol alviverde trabalha para trazer, pelo menos, três peças. “Para a lateral-esquerda, lateral-direita e mais um atacante”, pontua.

Embora o grupo vá superar 30 atletas, será mais enxuto que nas últimas temporadas. Em 2017, por exemplo, o elenco do Verde chegou a 42 jogadores, número considerado alto e prejudicial aos treinamentos e rendimento dos profissionais.

– A competitividade interna é fundamental para o sucesso de um time de futebol. Não dá para ter 40 jogadores no elenco, com todos se sentindo privilegiados pela comissão técnica. Vamos chegar em um número para que todos os atletas se sintam prestigiados pelo treinador e tenham chance de jogar – destaca Lustosa.

Comentários

comentários

PUBLICIDADE