Goiás bate o Goianésia fora de casa e encosta no Vila novamente

294
(Foto: Rosiron Rodrigues/Goiás EC)
Anúncio

No confronto de dois dos últimos três invictos do Campeonato Goiano, o Goiás levou a melhor e venceu o Goianésia por 2 a 0, no Estádio Valdeir José de Oliveira. O time alviverde superou o gramado molhado e um adversário motivado para conquistar a primeira vitória fora de casa na competição.

Com a vitória o Goiás chegou a 11 pontos, e segue na segunda colocação do Grupo A. A pontuação é a mesma do líder Vila Nova, que leva vantagem no número de gols marcados, nove contra oito. O Goianésia permanece na vice-liderança do Grupo A, com seis pontos conquistados. Esta foi a primeira derrota do Azulão no campeonato.

O Goianésia volta a campo no próximo domingo, 19, para enfrentar o Iporá fora de carro. O Goiás joga na quarta-feira, 15, pela Copa do Brasil, diante do Itabaiana, no interior do Sergipe. Pelo estadual, o próximo confronto é diante da Aparecidense, no dia 20.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O jogo

A tarde de domingo foi chuvosa em Goianésia. Nos primeiros minutos de jogo, uma fina chuva ainda caia, mesmo parando com pouco tempo, o gramado ficou muito pesado, deixando o jogo bastante truncado. Aos 8 minutos, Tiago Luís quis se aproveitar do campo molhado e bateu da intermediária. A bola saiu com perigo para o goleiro Luan.

Aos 12, o Goianésia deu o troco na mesma moeda, com Juliano. O meia ex-Goiás bateu forte obrigando Marcelo Rangel a saltar no canto rasteiro para evitar a abertura do placar. Na cobrança do escanteio, Gabriel cabeceou pela linha de fundo, levo um novo momento de perigo para a defesa alviverde.

Confira mais informações do futebol goiano

Os chutes de longa distância era a maneira mais fácil para chegar ao gol adversários. Aos 29 foi a vez de Carlos Eduardo arriscar de longe. A bola passou com perigo para o goleiro Luan.

O Goiás abriu o placar aos 44 minutos do primeiro tempo. Carlos Eduardo roubou bola da defesa e foi na linha de fundo e rolou para Jean Carlos. O meia chegada livre dentro da área, e apenas colocou nas redes de Luan.

Segundo tempo

O Goianésia voltou para a segunda etapa mais agressivo em busca do empate. O azulão tentava basicamente de duas maneiras, com bolas cruzadas ou com arremates da intermediária.

Mas no jogo ainda faltava um fato que se tornou habitual nos jogos do Goiás: o gol de Léo Gamalho. E ele saiu. Léo Sena roubou bola no meio campo e serviu Jean Carlos. O meia fez excelente passe para o artilheiro que tocou na saída do goleiro Luan.

No minuto seguinte, Nonato serviu o atacante Michael, que bateu forte, mas pra fora. Por pouco o time da casa não diminuiu a desvantagem. O jogo era movimentado, e Carlos Eduardo obrigou Luan a fazer grande defesa e evitar o terceiro gol esmeraldino instantes depois.

O Goiás conseguiu encaixar um ou outro contra-ataque, mas sempre pecou no momento do passe final. E assim ficou no Valdeir José de Oliveira: Goianésia 0x2 Goiás.

FICHA TÉCNICA:
Goianésia 0x2 Goiás
Data: 12/02/2017
Local: Estádio Valdeir José de Oliveira, em Goianésia
Horário: 17h

Arbitragem: Wilton Pereira Sampaio; Fabrício Vilarinho e Adailton Fernando
Gols: Jean Carlos (44’/1); Léo Gamalho (10’/2)
Cartões amarelos: Patrick (Goiás)
Cartões vermelhos: Não houve

GOIANÉSIA: Luan; João Marcos, Fábio e Marcos Vinícius (Geovanni); Iury, Gabriel (Paulo Renê), Irlan, Juliano e Bruno Henrique; Michael (Yan) e Nonato.
Técnico: Jorge Saran.

GOIÁS: Marcelo Rangel; Pedro Bambu, Fábio Sanches, Everton Sena e Patrick; Victor Bolt, Léo Sena (Toró), Jean Carlos e Tiago Luís (Medina); Carlos Eduardo (Dodô) e Léo Gamalho.
Técnico: Gilson Kleina.

 

anúncio

Comments are closed.