Goiás passa pelo Grêmio Anápolis e mantém liderança do Goianão

Foto: Orisvaldo Pires
Anúncios

O Goiás segue líder do Campeonato Goiano. Neste domingo (18), o time esmeraldino bateu o Grêmio Anápolis por 3 a 0 no Jonas Duarte e voltou a vencer no Estadual. O resultado mantém a equipe comandada por Hélio dos Anjos na ponta isolada, com 20 pontos.

A derrota, combinada com o triunfo do Iporá sobre o Itumbiara, tira a Raposa do G-4. O Azulão agora é o quinto colocado geral, mas segue na cola dos quatro melhores, com 12 pontos e em terceiro do Grupo B.  Clique e veja a tabela completa.

O próximo compromisso do Goiás é pela Copa do Brasil. Na quarta-feira (21), às 20h30, o Esmeraldino recebe o Boa Esporte, no Serra Dourada, pela segunda fase da competição. Por sua vez, o GEA só volta a campo no próximo domingo (25), às 16h, no Mozart Veloso do Carmo, contra o Rio Verde.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Veja como foi a partida lance a lance

Pancada, classe e cabeceio

O Goiás dominava a posse de bola, mas encontrava dificuldades para se desvencilhar da forte marcação imposta pelo Grêmio em seus principais jogadores. Em um momento, porém, Carlos Eduardo conseguiu passar pelo marcador e foi parado pelo segundo.

Na cobrança de falta, saiu o primeiro gol esmeraldino. Aos 21 minutos, o zagueiro Eduardo Brock soltou uma pancada. A bola foi seca, mas era defensável. O goleiro João Vitor, contudo, falhou no lance e facilitou para que o Verde largasse na frente no Jonas Duarte.

Se Brock acertou as redes na força, Thalles optou classe. Aos sete minutos da etapa final, o meia recebeu com espaço, ajeitou e bateu colocado. A bela finalização da joia esmeraldina foi parar no ângulo de João Vitor e ampliou o placar para os visitantes.

O terceiro gol veio no último lance. Após chutar na trave frente a frente com João Vitor. Na cobrança de escanteio que veio em seguida, ele se redimiu. Thalles cobrou muito bem o tiro de canto, Lucão subiu muito e tocou no contrapé do goleiro anapolino para dar números finais à partida.

Roniel fica no quase

O atacante Roniel foi o principal nome ofensivo da Raposa, principalmente depois da lesão de Yago Amaral. Roniel teve boas oportunidades para marcar na partida. A primeira foi aos 32. Depois de cobrança de falta de Cristian, a bola sobrou para Tiago, que tramou boa jogada e passou para o atacante. Ele tinha espaço na área, mas bateu por cima de Rangel.

A segunda oportunidade veio já no fim da primeira etapa. Roniel recebeu de Rodrigo Mucuri, passou por Alex Silva com facilidade e saiu na cara do goleiro do Goiás. Marcelo Rangel saiu fechando o ângulo e o atacante do GEA bateu rente à trave do arqueiro.

No segundo tempo, Roniel ficou no quase pela terceira vez. Zé Uilton roubou a bola na intermediária e acionou o atacante. Com espaço, ele puxou para a direita e bateu com força para o gol. Desta vez, Marcelo Rangel fez boa intervenção.

Thalles comemora segundo gol esmeraldino. (Foto: Orisvaldo Pires).
Ficha Técnica
Grêmio Anápolis 0 x 3 Goiás – 9ª rodada – Goianão 2018
Data: 18 de fevereiro de 2018
Horário: 16h
Local: Estádio Jonas Duarte; Anápolis, GO

Árbitro: Roberto Giovanny
Assistentes: Tiago Gomes e Alexandre Hume

Amarelos: Cassius (GEA); Lucão (GOI)
Gols: Eduardo Brock, aos 21’1T, Thalles, aos 7’2T, e Lucão, aos 48’2T (GOI)

Renda: R$ 11.575,00
Público Pagante: 428

Grêmio Anápolis: João Vitor; Rafael Castro, Lucas Cunha, Cassius e Tiago (Jeferson); Darlan (Nadson), Zé Uilton, Cristian e Rodrigo Mucuri; Yago Amaral (João Victo) e Roniel.
Técnico: Edson Júnior.

Goiás: Marcelo Rangel; Alex Silva (Pedro Bambu), David Duarte, Eduardo Brock (Raphael Silva) e Breno; João Afonso, Léo Sena e Thalles; Carlos Eduardo, Lucão e Maranhão (Michael).
Técnico: Hélio dos Anjos.

Comentários

comentários

PUBLICIDADE