5.6 C
New York
terça-feira, setembro 22, 2020
Início Futebol Atlético Goianão é um dos cinco estaduais com situação indefinida

Goianão é um dos cinco estaduais com situação indefinida

O Campeonato Goiano é um dos cinco estaduais que ainda não apontaram uma data para retorno ou definiram pelo encerramento precoce da competição. O Goianão está suspenso desde 15 de março e, desde então, não há absolutamente nenhuma previsão do que acontecerá com a edição de 2020.

Nos 26 estados e no Distrito Federal, há situações bem distintas. Conforme levantamento do Esporte Goiano, em 13 estados os estaduais voltaram e estão em andamento. Em outros seis e o DF já há datas para a volta. No Rio de Janeiro, o campeonato foi finalizado em campo, com o Flamengo campeão, enquanto no Amazonas a federação local encerrou precocemente o torneio, sem campeão ou rebaixados.

Mais do futebol goiano
Arbitragem goiana relata dificuldades e preparação para o retorno
Técnico do Goiás reconhece atuação ruim em amistoso

Além de Goiás, os estados que ainda não definiram o futuro dos estaduais são Espírito Santo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Tocantins. Assim como no território goiano, a Covid-19 ainda ascende nos outros dois estados do Centro-Oeste e, por isso, o retorno ainda não tem previsão. A situação é semelhante no Tocantins. Entre os clubes que participam da Série A, Atlético e Goiás são os únicos sem uma situação já definida no cenário regional.

Desses cinco estados, apenas Mato Grosso e Espírito Santo já definiram que concluirão os estaduais. No caso capixaba, a possibilidade de retorno mais breve seria setembro, mas isso é defendido apenas por dois dos oito clubes ainda na disputa. Cinco participantes desejam a volta em novembro, quando esperam uma liberação de público nas partidas.

Em Goiás, uma luz sobre o cenário nebuloso pode começar a surgir a partir desta terça-feira (4). Representantes dos clubes que participam do Goianão 2020 se reúnem com a Federação Goiana de Futebol (FGF) às 14h. Até agora, além da possibilidade de encerramento precoce, que parece pouco popular, houve comentários sobre um retorno no início de 2021 ou até no fim deste ano. Clubes como a Anapolina deixam claro que, sem torcida, é inviável voltar por conta das receitas.

Veja as situações por unidade federativa
Norte
Acre – retorno previsto em 15 ou 16 de agosto, a depender da liberação do governo
Amapá – retorno marcado para 27 de agosto
Amazonas – encerrado sem campeões ou rebaixados
Pará – retomado no dia 1º de agosto
Rondônia – retorno definido para segunda quinzena de novembro
Roraima – retorno previsto para 10 de outubro
Tocantins – sem previsão
Nordeste
Alagoas – campeonato retomado em 29 de julho e atualmente nas semifinais
Bahia – campeonato retomado em 23 de julho e atualmente nas finais
Ceará – campeonato retomado em 13 de julho; Ceará e Fortaleza farão a final
Maranhão – campeonato retomado em 1º de agosto
Paraíba – campeonato retomado em 16 de julho e atualmente nas semifinais
Pernambuco – campeonato retomado em 19 de julho; Santa Cruz e Salgueiro fazem a final
Piauí – retorno marcado para 18 de novembro
Rio Grande do Norte – retorno marcado para 10 de agosto
Sergipe – campeonato retomado em 27 de julho; atualmente no quadrangular final
Centro-Oeste
Distrito Federal – retorno marcado para 8 de agosto
Goiás – sem previsão
Mato Grosso – clubes votaram por retomar o campeonato, mas ainda não há data
Mato Grosso do Sul – sem previsão
Sudeste
Espírito Santo – cinco clubes articulam volta em novembro e dois querem retorno em setembro; não há previsão
Minas Gerais – campeonato retomado em 26 de julho; atualmente nas semifinais
Rio de Janeiro – finalizado em 15 de julho com título do Flamengo
São Paulo – campeonato retomado em 22 de julho; Corinthians e Palmeiras farão a final
Sul
Paraná – campeonato retomado em 18 de julho; Athletico e Coritiba fazem a final
Rio Grande do Sul – campeonato retomado em 22 de julho; Grêmio e Inter disputam a final do 2º turno, e Caxias já está garantido na decisão do estadual
Santa Catarina – campeonato retomado em 8 de julho, suspenso por 14 dias e liberado no dia 29 de julho; atualmente nas semifinais
Acompanhe o EG também nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram e Youtube
Rafael Tomazeti
Jornalista formado pela Universidade Federal de Goiás. Fã de esportes e apaixonado pelo estado de Goiás. Trabalhou na Rádio Universitária 870 AM, TV UFG, Rádio 730/Portal 730 e Jornal Diário do Estado.
Anúncio

Últimas

Ramón Coronel rescinde contrato com o Vila Nova

O Vila Nova informou no final da tarde desta terça-feira (22) a rescisão de contrato do lateral-direito Ramón Coronel. O jogador disputou...

Federações saem otimistas por retorno após reunião com a Sedetec

Dirigentes das federações estaduais de basquete, futsal e handebol se reuniram no fim da tarde desta terça-feira (22) com o secretário de...

Apesar de revés, Godói diz que Goiânia “respondeu à altura” na estreia

O presidente do Goiânia, Alexandre Godói, lamentou a derrota para o Real Noroeste na estreia da Série D, mas avaliou positivamente o...

Com DNA vitorioso, Lethícia Lacerda é a melhor mesatenista da América e tem vaga garantida em Tóquio

A goiana Lethícia Rodrigues Lacerda, de apenas 18 anos, é a melhor atleta das Américas na classe F8 do Tênis de Mesa...

Chico se posiciona contra volta de público aos estádios: “Temos que priorizar vidas”

O meia-atacante Chico foi bem claro na sua posição ao retorno das torcidas aos jogos do campeonato Brasileiro, o jogador se posiciona...
Anúncio