Goiás recebe Corinthians em crise para manter embalo na Série A

Anúncios

Dono da segunda melhor campanha do 2º turno, o Goiás recebe o Corinthians nesta quarta-feira (16). No Serra Dourada, a equipe busca manter o embalo de cinco vitórias nos últimos seis jogos. Na última rodada, a equipe venceu o CSA, no mesmo Serra Dourada pelo placar de 1×0.

Do outro lado, um Corinthians que está em crise, principalmente entre a diretoria do clube e Fábio Carille, treinador da equipe. Na última rodada, a equipe perdeu o clássico para o São Paulo pelo placar de 1×0, mas a entrevista do treinador pós jogo não foi bem aceita entre a diretoria do clube paulista.

Escalações

Para a partida contra o Corinthians, Ney Franco terá o retorno de Léo Sena, que cumpriu suspensão diante do CSA. Com a volta do jogador, Thalles retorna para o banco de reservas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Do lado alvinegro, Fábio Carille na teoria terá três reforços: Ralf, Sornoza e Pedrinho. O primeiro se envolveu em um acidente de carro e ficou fora do último jogo. Os outros dois defenderam as seleções de Equador e Brasil sub-23, respectivamente e precisam passar por avaliação para entrar em campo.

Retrospecto

Goiás e Corinthians já se enfrentaram 50 vezes. A vantagem é dos paulistas, que venceram em 19 oportunidades. O Goiás triunfou em 13 jogos e ainda houveram 18 empates. No primeiro turno, o Corinthians venceu pelo placar de 2×0.

Ficha Técnica

Goiás x Corinthians – 26º rodada da Série A
Data: 16 de outubro de 2019
Horário: 21h30
Local: Serra Dourada; Goiânia (GO)

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Assistentes: Michael Correia (RJ) e Carlos Henrique Alves de Lima Filho (RJ)
VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ)
Assistentes VAR: João Batista de Arruda (RJ) e Esdras Mariano Lima de Albuquerque (AL)

Goiás: Tadeu; Yago Rocha, Fábio Sanches, Rafael Vaz e Jefferson; Gilberto, Yago Felipe e Léo Sena; Michael, Rafael Moura e Leandro Barcia.
Técnico: Ney Franco

Corinthians: Cássio; Fagner, Manoel, Gil e Danilo Avelar; Gabriel (Ralf), Sornoza (Matheus Jesus), Pedrinho, Mateus Vital e Clayson; Boselli (Vagner Love).
Técnico: Fábio Carille

Comentários

comentários

PUBLICIDADE