Por aclamação, Elvis Mendes é eleito presidente da Aparecidense

Elvis Mendes (centro) assume o Camaleão. (Foto: Comunicação/Aparecidense)
Anúncios

Elvis Carlos Mendes será o presidente executivo da Aparecidense no triênio 2019/2021. O novo mandatário foi eleito por aclamação em Assembleia Geral realizada nesta terça-feira (6), com todos os 20 membros do Conselho Deliberativo do Camaleão. Mendes já vinha atuando como presidente interino desde que Wilson Queiroz Brasil renunciou ao cargo.

Elvis Mendes encabeça a chapa Renovação, que tem como primeiro vice Naves Bispo e Lazaro Souza como segundo vice. O pleito também elegeu presidente, vice, 1º e 2º secretários do Conselho Deliberativo. Os novos dirigentes foram empossados e iniciam os mandatos a partir desta quarta-feita (7). Agora presidente efetivo, Mendes quer levar a Aparecidense a trilhar o caminho dos títulos.

–  A esperança é de fazer uma boa gestão. Que a Aparecidense possa chegar no lugar que ela merece, que é buscar um título goiano. Batemos na trave nas últimas duas temporadas. Também queremos subir para a Série C. A Aparecidense hoje é um clube que já merece disputar um Campeonato Brasileiro – pontuou o presidente azul.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ainda como interino, Elvis Mendes prometeu lutar por títulos 

Confira abaixo os nomes que comandarão o Camaleão no próximo triênio

Presidente Executivo: Elvis Carlos Mendes

1º Vice-presidente: Naves José Bispo
2º Vice-presidente:  Lazaro Martins de Souza

Presidente do Conselho Deliberativo: Wilson Queiroz Brasil
Vice-presidente: Paulo Cesar Toledo
1º Secretário: Paulo Cesar Toledo Filho
2º Secretário: Vanilson dos Anjos Bueno

Novos membros do Conselho Deliberativo

Clayton Mastins de Paula, Edison Pessoa, Eneas Carmo de Almeida, Ezizio Alves Barbosa, José Fernando da Silva, Matheus Henrique Prado, Ozair José da Silva, Paulo Cesar de Toledo Filho, Paulo Henrique Souza Cintra, Romildo Cintra dos Santos, Rosildo Manoel da Silva, Rui Veiga, Sergio Jonas Toledo Filho, Tales de Melo, Tanner de Melo Junior, Tarrigan de Melo, Vanilson dos Anjos Bueno, Walter Augusto Camargo da Silva e Wilson Queiroz Brasil. 

Comentários

comentários

PUBLICIDADE